Semusa divulga situação de internações em Divinópolis

Da Redação 

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), por meio da Vigilância em Saúde, divulgou a situação dos pacientes internados com quadro clínico suspeito de covid-19, nas redes hospitalares do município nesta terça-feira, 12. Ao fim da 19ª semana epidemiológica (03/05 a 09/05), o número de internações em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) representa 15,1%, enquanto aqueles que receberam atendimento em setor aberto nos hospitais é de 25%.

O último levantamento aponta 16 pessoas internadas na UTI e 29 no setor de enfermaria. A taxa de ocupação de leitos chegava à 47%. Os dados são divulgados pelos hospitais Santa Lúcia, Santa Mônica, São João de Deus, São Judas Tadeu e UPA Padre Roberto. O município ressalta que a situação é monitorada diariamente.

A partir do dia 27 de abril de 2020 a ocupação dos leitos de UTI passou a ser mensurada separadamente, entre leitos de UTI na saúde suplementar e SUS. Na rede particular, há um aumento gradativo, como média gradativa de 44,7% no período referenciado. Já no sistema público, a média equivale a 50,5%.

— Nota-se um aumento da média do número de casos suspeitos de covid-19 internados nos hospitais de Divinópolis. Ao mesmo tempo, há maior circulação de outras doenças virais nesta época de outono e inverno como a Influenza H1N1, que possui sintomas semelhantes à covid-19. Dentre eles, febre repentina (acima de 37,8°C), dor de garganta, associado a dor de cabeça, dores musculares, dores nas articulações, coriza e falta de apetite e sintomas respiratórios como tosse. O diagnóstico se dá por exame laboratorial — informou a Prefeitura.

Comentários
×