Semusa coleta quase 4 toneladas de entulho na Região Sudoeste

O objetivo da campanha é prevenir a propagação do mosquito da dengue.

Da Redação

Aproximadamente quatro toneladas de resíduos sólidos urbanos foi a quantidade de material recolhido pela Vigilância em Saúde Ambiental, ligada à Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), no último mutirão de combate ao Aedes aegypti realizado no sábado, 3.

O caminhão da Vigilância transitou pelos bairros Jardinópolis, São Cristóvão, Floresta, Marajó, João Antônio Gonçalves, Jardim das Acácias, Geraldo Pereira e Padre Herculano. O objetivo da campanha é prevenir a propagação do mosquito da dengue.

Controle químico

A Vigilância em Saúde Ambiental usa o comumente conhecido carro fumacê para pulverizar o inseticida que bloqueia a transmissão de arbovírus, que incluem os vírus da dengue, zika, chikungunya e da febre amarela.

— As pessoas que mostram sintomas da enfermidade devem procurar as unidades de saúde, porque o índice de notificações direciona o trabalho de sanitização — disse Juliano Cunha, supervisor-geral de Vigilância em Saúde Ambiental.

As comunidades que reportam maior número de casos suspeitos de dengue, segundo notificado pelas unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF), têm prioridade na obtenção do esforço conjunto de limpeza local. 

Comentários
×