Semas e Semusa vacinam pessoas em situação de rua

Até o ano de 2020, mais de 200 pessoas em situação de rua foram identificadas no município

Da Redação

A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), em articulação com a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), realizou a vacinação da população em situação de rua. Um posto de vacinação foi montado no Centro de Atendimento para a população em situação de rua, que é coordenado pela Semas. 

A partir da articulação com os demais serviços de acolhimento à população em situação de rua (Serviço de Acolhimento e Casa de Passagem), bem como da equipe de abordagem mapeou-se o quantitativo populacional que vive nesta condição. Até o ano de 2020, mais de 200 pessoas em situação de rua foram identificadas no município, contudo essa é uma população flutuante. O trabalho consiste na abordagem e direcionamento destes para os serviços de acolhimento, ou serviço do migrante. 

Por terem a rua como espaço de moradia e transitarem intensamente pela cidade, o risco de contaminação e transmissão do coronavírus junto a essa parcela da população aumentam consideravelmente. Motivo pelo qual a estratégia de vacinação soma-se às já adotadas pelo município, através da Semas.  
 
Nos dois dias de ação, 55 pessoas em situação de rua, de ambos os sexos, foram vacinadas contra a Covid-19. Além da vacinação ofertado a este público, alimentação, higienização, orientações e sensibilização para acolhimento em algum dos serviços existentes, já que, neste momento em que as temperaturas abaixam, estar em situação de rua torna-se ainda mais penoso. Há 30 dias, os 53 acolhidos no serviço, também receberam o imunizante.
 
Comentários
×