Semag realiza censo em feiras livres

A proposta é traçar o perfil social e cultural dos comerciantes

Da Redação

A Secretaria Municipal de Agronegócios (Semag), em parceria com o curso de Serviço Social da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg) - Unidade Cláudio, iniciou, nos dias 12 e 13 de junho, o Censo Sociocultural das Feiras de Divinópolis.

A proposta é traçar o perfil social e cultural dos comerciantes que compõem os espaços da feira. No último sábado, 12, o censo foi realizado na feira do bairro Esplanada. No domingo, 13, a pesquisa ocorreu nas feiras dos bairros Niterói e Planalto.

Nesta primeira etapa, foram realizadas aproximadamente 150 entrevistas. A partir de resultados preliminares, constata-se que as tradições dos feirantes são transferidas entre gerações, assim como há elogios sobre alterações e transformações ocorridas nas feiras nos últimos anos.

De acordo com o secretário de Agronegócios, Gustavo Mendes, as sugestões serão analisadas pela equipe de gestão após a conclusão do referido senso. “Acreditamos que, através do censo, há a possibilidade de respondermos com melhor eficiência às demandas e as necessidades dos feirantes e de seu público” reforçou.

Nos próximos fins de semana, as equipes de pesquisa continuarão nas demais feiras do município. Em seguida, será feita a segunda fase do censo, com participação dos cursos de Ciências Contábeis e de Administração, avaliando os processos administrativos e de qualidade no comércio de feiras.

Coment√°rios
×