Sem mortes há 15 dias, ocupação hospitalar está abaixo de 8%

Prefeitura reforça imunização; 180 mil já tomaram a primeira dose e 127 mil a segunda

 

Matheus Augusto

Divinópolis iniciou a semana sem registrar nenhuma morte por covid-19. Assim, a cidade segue, há 15 dias, sem óbitos pela doença. O indicador positivo é reforçado pela queda vertiginosa da taxa de ocupação hospitalar, que, ontem, estava em 7,41%, um dos menores do ano, mesmo com a desmobilização de leitos nas últimas semanas. Com isso, a Prefeitura, com a chegada de novas doses, segue a campanha de vacinação.

 

Mais cedo

Conforme o novo calendário, quem tem sua segunda dose de Pfizer agendada para os dias 29 de outubro, 1°, 3, 4, 5 e 6 de novembro deve procurar hoje o Centro Administrativo, na avenida Paraná, 2.601, bairro São José.

— Nos dias 29, 30 e 31 de outubro e também nos dias 1º e 2 de novembro, não haverá funcionamento dos drive-thrus de Divinópolis — alerta a Prefeitura.

No momento da imunização é preciso ter em mãos: documento de identidade com foto, cartão SUS, cartão da unidade de saúde, comprovante de endereço e cartão de vacina.

 

Mutirão

Hoje é o último dia do mutirão de vacinação contra a doença. O objetivo é completar a imunização de quem está com a segunda dose em atraso (Pfizer, AstraZeneca ou CoronaVac).

Quem se enquadra na situação tem que procurar o drive-thru do Centro Administrativo, entre 8h e 16h. 

— Essas pessoas podem procurar o Centro Administrativo sem agendamento prévio — orienta o Executivo.

 

Reforço

Foi aberto ontem à tarde o cadastro para a dose de reforço para quem tomou a segunda dose da vacina contra covid-19 há mais de 180 dias. Podem se cadastrar pessoas de todas as idades que já tenham cumprido esse período.

O processo de agendamento deve ser feito pelo site oficial do Executivo (divinopolis.mg.gov.br) ou pelo aplicativo App Divinópolis, clicando na opção “Vacinação Covid-19”.

— Esse público será vacinado no drive thru do Centro Administrativo e do Pátio da Emop, a partir desta terça-feira, 26. (...) É importante lembrar que só será imunizada a pessoa que tenha mais de 180 dias da aplicação da segunda dose — informou a Prefeitura, em nota.

É necessário levar todos os documentos exigidos.

Outra orientação da Secretaria de Saúde (Semusa) é pelo respeito pelo horário marcado, dado o registro de longas filas em determinados dias, com a espera chegando a até duas horas. 

— Todos que forem se vacinar precisam respeitar rigorosamente o horário marcado no comprovante de cadastro para que não haja filas, e tenham muita atenção ao local indicado no comprovante de cadastro — recomenda.

 

Resultado

Semana após semana, os dados apresentados pela Semusa retratam a eficácia da vacinação. A taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para covid-19, ontem, ficou abaixo de 8%, com apenas seis internações em 81 leitos disponíveis. No setor de enfermaria, o indicador é superior (28%), com 32 ocupados em 111 leitos.

Confira a situação das UTIs para covid em cada unidade:

Unidade de Pronto Atendimento (UPA) - 1 leito ocupado de 30 disponíveis (3,33%);

Complexo de Saúde São João de Deus (SUS) - 3 de 12 (25%);

Hospital Santa Mônica: 1 de 2 (50%).

Os hospitais Santa Lúcia, São Judas Tadeu e a área particular do Complexo São João de Deus não têm nenhum paciente com sintomas de covid-19 em suas UTIs.










Comentários
×