Seleção feminina conhece rivais

 

José Carlos de Oliveira 

 A Seleção Brasileira Feminina de Futebol já sabe qual será seu caminho na Copa América 2018. O Brasil conheceu nesta quinta-feira quais seus primeiros adversários no torneio continental. Comandada pelo técnico Vadão, a seleção está no grupo B, ao lado das seleções do Equador, Argentina, Venezuela e Bolívia. 

No outro grupo, o A, ficaram as seleções do Chile, Colômbia, Paraguai, Uruguai e Peru. As seleções chilenas, por estar em casa, e a brasileira, por ser a última vencedora do torneio, foram as cabeças de chave. 

A Copa América de futebol feminino será disputada entre os dias 4 e 22 de abril. As cidades chilenas que foram escolhidas para receber o evento foram Coquimbo, La Serena e Ovalle. 

 Vale vaga  

A disputa das duas vagas diretas e uma para a repescagem da Copa do Mundo da França, em 2019, além de classificar duas seleções para os Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio, e quatro equipes para os Jogos Pan-Americanos de Lima, no ano que vem.  

Treinos  

O técnico Vadão optou por não realizar amistosos neste período Fifa, que começou em 26 de fevereiro e vai até o dia 7 de março. O treinador decidiu reunir todas as atletas na Granja Comary, em Teresópolis, para um período de treinos.  

As novidades entre as convocadas foram os retornos de Formiga, que havia se aposentado da Seleção em dezembro de 2016, e Cristiane, que deixou a equipe canarinho em setembro de 2017, depois da demissão de Emily. 

 

Comentários
×