Seis novos profissionais integrarão equipes dos Cras

Da Redação

Os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) receberão seis novos profissionais, cinco assistentes sociais e um psicólogo, que contribuirão para o trabalho que a Prefeitura de Divinópolis realiza através da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), responsável pelas unidades.

Os novos profissionais ‒ três dos quais foram já alocados ‒ atuarão como técnicos do Serviço de Proteção Integral à Família (PAIF), desenvolvendo atividades de atendimento, acompanhamento e encaminhamento para os demais serviços da rede que os profissionais dos Cras já implementam, conforme proposto na Política Nacional De Assistência Social (PNAS).

— Ampliar a equipe, além de garantir mais assistência à população, melhora a qualidade de atendimento — disse Maicom Marques, gerente de Proteção Social e Benefícios da Semas, cujos serviços são oferecidos nos Cras existentes no município, que devem cobrir até mil famílias por ano em território onde até cinco mil famílias vivem, de acordo com a legislação da PNAS.

— O fortalecimento da equipe permite que os serviços cumpram com o estipulado na Norma Operacional Básica de Recursos Humanos (NOB-RH) do Sistema Único de Assistência Social (Suas), que prevê o número de especialistas em cada serviço, segundo as especificidades e a quantidade de usuários atendida — disse.

Os profissionais ‒ à exceção do psicólogo, que assumirá o serviço após ser efetivado por aprovação no último concurso público municipal ‒ começarão as atividades nos equipamentos da Assistência Social sob contrato de trabalho. Os especialistas foram aprovados no último certame, e a convocação, mesmo para contrato, segue a lista de aprovações crescentes.

Devido à situação pandêmica no país, ao plano de contingência da assistência social municipal e ao último decreto que classifica o município na onda vermelha, os Cras têm operado de forma híbrida, presencial ou remotamente, segundo o caso

Comentários
×