Segurança é morto em festa no parque de exposições

Da Redação

O segurança Edson Carlos Ribeiro, de 42 anos, foi morto em uma festa realizada no parque de exposições, no dia 25 de setembro. De acordo com a Polícia Militar (PM), testemunhas relataram que ele trabalhava no evento e, após impedir a passagem de Pedro Lacerda, de 32 anos, para uma área à qual ele não tinha acesso, o segurança foi agredido com socos pelo empresário. Ainda segundo a PM, as testemunhas disseram que, depois de ser golpeado duas vezes no rosto, o segurança passou mal e caiu desacordado. 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e fez o atendimento à vítima, mas, após diversas tentativas de reanimação, ela não resistiu. Pedro Lacerda foi preso em flagrante, mas solto no dia 13 de outubro, após o laudo da perícia apontar “morte súbita” como causa. A tipificação do caso, conforme o entendimento do juiz, pode deixar de se enquadrar em lesão corporal seguida de morte, para lesão leve, o que diminui a pena a ser cumprida pelo suspeito, que responde em liberdade. 

Edson deixou esposa e uma filha de 12 anos. 

 

Comentários
×