Secretário de Cultura de Divinópolis pede exoneração

Da Redação

O secretário de Cultura de Divinópolis, Osvaldo André, pediu exoneração do cargo.

A informação foi dada pelo vereador Eduardo Print Jr. (SD) durante reunião na Câmara de Divinópolis na tarde desta terça-feira, 28. 

Segundo o vereador, o prefeito Galileu Machado (MDB) recebeu uma carta com a solicitação de Osvaldo na manhã desta segunda-feira, 27.

Recentemente, o ex-secretário se envolveu em polêmicas relacionadas ao projeto Fazendo Arte.

Polêmica

O coordenador de Patrimônio Ferroviário do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes solicitou que fosse feito inventário dos bens móveis cedidos ao município para que fossem integrados ao acervo do Museu da Memória Ferroviária.

E por este motivo, o espaço que era utilizado pelo “Projeto Fazendo Arte” na Estação Ferroviária, situada na Praça Pedro X Gontijo, precisaria ser desocupado no tempo hábil de três dias.

Segundo a coordenadora do Fazendo Arte, o projeto envolvia cerca de 700 crianças atualmente que participavam de aulas de dança, música, oficinas de teatro, entre outras atividades. 

— Nós já atingimos mais de duas mil crianças com esse projeto, e lá no espaço que tivemos que desocupar ficavam guardados os objetos de cena, obras de arte, figurinos, uniformes, instrumentos musicais, tambores, violões violas, pandeiros e esculturas caricatas de personalidades históricas da cidades. E atendendo, a convocação dos vereadores nós viemos expor a atual situação em que o secretário no colocou com o despejo às pressas do local — disse Lenir de Castro.

Comentários
×