Secretário acredita que todos os idosos de Minas estejam vacinados até o fim de abril

Apelo de Carlos Eduardo Amaral faz é para que pessoas dessa faixa etária evitem se aglomerar em filas

Da Redação

Imagens de idosos se aglomerando em filas em diversos municípios mineiros, inclusive em Divinópolis, se espalharam por toda Minas Gerais nesta quinta-feira, 4. A situação causou reação imediata no governo Minas que já trabalha com a estimativa de vacinar todos os idosos, maiores de 60 anos, até o fim de abril. A projeção, segundo a Secretaria de Estado de Saúde, é com base em “promessa de entrega” apresentada pelo Ministério da Saúde (MS), conforme revelou o secretário estadual,  Carlos Eduardo Amaral, em entrevista a Rádio Itatiaia, nesta sexta-feira, 5.

— O que nós temos hoje de contrato do Ministério da Saúde com promessa de entrega, que é diferente de já ter sido entregue, é algo entorno de 80 milhões de doses entre março e abril. Seriam 8 milhões de doses para Minas. Teríamos passado bastante o público de 60 anos e revacinando parte dos que foram vacinados — disse.

Apesar disso, Amaral admite que possa ter atrasos na entrega.

— O problema é que tem variáveis. Cumprir este cronograma exato não tem sido fácil. As indústrias têm tido dificuldades — ressalta.

Mas mesmo o cenário hipotético em que 50% da entrega prevista seja concretizada é comemorado pelo secretário. — Mesmo que não tenhamos os oito milhões de doses. Se tivermos 4 milhões para Minas Gerais seria maravilhoso. Já teríamos vacinado boa parte dos grupos de mais risco — ressaltou.

 

Para todos

 

O secretário também fez um apelo para que idosos não se aglomerem em filas para serem vacinados, como ocorreu nos últimos dois dias.

— Tudo que não queremos é fila, aglomeração. Não há lógica de fazer fila gigantesca, ainda mais idosos — disse. Teremos vacina para todos. Aqueles que têm idade contemplada estão dentro do planejamento e serão vacinados, se não hoje no máximo semana que vem —encerrou.

Comentários
×