Secretaria de Estado voltará a Divinópolis para fiscalizar MG-050

Da Redação

As intervenções na MG-050, em Divinópolis, continuam avançando. Apesar disso, o deputado federal Domingos Sávio (PSDB) encaminhou demandas referentes à rodovia à Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) em reunião, ontem. Além disso, para rever os aspectos do projeto e aperfeiçoar a estrada para os usuários, o deputado marcou uma reunião, em Divinópolis, para o dia 10 de fevereiro.

O encontro contará com a participação de representantes técnicos da Seinfra, coordenados pelo superintendente de Transporte e Logística, Felipe Melo, representantes da AB Nascentes das Gerais, além de empresários do Distrito Industrial e líderes de associações de classe empresarial.

Mudanças

A pedido de moradores e empresários do Distrito Industrial Coronel Jovelino Rabelo, o parlamentar apresentou uma reformulação do projeto de duplicação do trecho. As reivindicações visam garantir mais segurança para motoristas e pedestres nos acessos aos bairros Icaraí e Niterói, além da ligação, por meio de um viaduto, da rua Paraíba à Estrada de Ermida.

— Apresentamos ao secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Marco Aurélio Barcelos, uma série de demandas para melhorar o projeto de duplicação da 050 e agilizar obras essenciais para Divinópolis e Centro-Oeste Mineiro — destacou Domingos Sávio.

O parlamentar também ressaltou a importância de garantir aos moradores uma travessia com segurança.

— Inicialmente, mostramos a importância de ter um acesso mais seguro e, principalmente, uma saída adequada do Distrito Industrial. É necessário que as vias sejam de segurança e facilitem o acesso de moradores dos bairros vizinhos e dos veículos com mercadorias e produtos às empresas instaladas na região — completou o deputado.

Conforme o projeto, a rodovia sofrerá uma bifurcação após o cruzamento da ponte sobre o rio Pará, no sentido Divinópolis. Com isso, o acesso para o Distrito Industrial terá de ser feito após um retorno, já que a pista sentido São Paulo foi projetada passando pela região da Lagoa dos Mandarins. Assim, a faixa que passa em frente ao acesso do Distrito Industrial terá sentido exclusivo para Belo Horizonte.

— Nossa proposta é que a concessionária reveja a disposição do trajeto e incorpore ao município uma pista dupla urbana na margem da rodovia, de maneira que amplie as opções de acesso e saída da região — afirmou.

Complexo da Ferradura

Domingos Sávio também justificou a necessidade de alteração no traçado do projeto tendo em vista que, em breve, estará liberada a ligação da MG-050 com a estrada de Divinópolis a Carmo do Cajuru. 

— É uma obra que está na iminência de ser concluída e pela qual eu estou lutando por vários anos, uma vez que viabilizei, ainda no governo de Anastasia, um total de R$ 5,8 milhões para o Complexo da Ferradura e o restante desse valor, R$ 800 mil, foi liberado em dezembro para a Prefeitura retomar as intervenções. Essa obra pronta vai facilitar ainda mais o acesso à rodovia  — explicou.

Acesso a Ermida

O deputado defendeu ainda a importância de outra intervenção de melhoria que precisa ser executada pela concessionária, como a construção de um viaduto ligado a rua Paraíba ou Rio de Janeiro à Estrada de Ermida.

— Havia, no passado, um retorno na própria MG-050. Essa alternativa foi fechada e causou prejuízo para o acesso a Ermida. Ter acesso a um retorno próximo é mais seguro para moradores e motoristas, uma vez que a alça que havia foi fechada pela concessionária — analisou o parlamentar.

Segurança

As obras no trevo de acesso a São Sebastião do Oeste também tiveram espaço para a reunião com o secretário de Estado de Infraestrutura. Domingos Sávio solicitou a imediata melhoria da sinalização no trecho, que passa por intervenção.

— Pedi ainda que a concessionária, reveja o projeto, uma vez que há reclamação de falta de segurança no local, que possui um índice muito elevado de acidentes, e, infelizmente, eles continuam acontecendo, o que demonstra fragilidade no projeto e a rápida necessidade de aprimoramento — finalizou Domingos Sávio.

Comentários
×