Se vencer, Guarani garante vantagens

 

 

José Carlos de Oliveira 

A nona rodada do Campeonato Mineiro 2018, Módulo II, terá seis jogos nesta quarta-feira. No principal duelo do dia, o líder Guarani recebe a visita do segundo colocado Serranense (Betinense), em confronto marcado para as 19h, no Estádio Waldemar Teixeira de Faria, no bairro Porto Velho.

Líder isolado do estadual, com 19 pontos ganhos, o Bugre busca os três pontos esta noite para ficar mais perto de conquistar o título simbólico de campeão da fase classificatória, assegurando assim vantagens nas fases decisivas do estadual.

Com um simples empate esta noite, o Guarani estará matematicamente assegurado nas semifinais, mas para garantir o primeiro lugar geral o time precisa vencer esta noite e ainda buscar pelo menos mais um ponto nas duas rodadas restantes.

No sábado, 31, o Bugre enfrenta o Mamoré, no Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz, em Patos de Minas, às 16h. Na última rodada da primeira fase, dia 7 de abril, o jogo será no Farião, às 16h, contra o América de Teófilo Otoni.

 Arbitragem 

A comissão de arbitragem da Federação Mineira de Futebol (FMF) escalou, para comandar o duelo entre Serranense e Guarani, o juiz Igor Junio Benevenuto. Ele terá como auxiliares os bandeirinhas Felipe Alan Costa Oliveira e Rodney Faria Lima. O quarto árbitro será Walbert Ribeiro de Abreu.

 Grande público

 A diretoria do Guarani espera recorde de público nesta noite no Farião, com mais de três mil torcedores sendo aguardados no estádio para acompanhar o duelo decisivo contra o Serranense.

A venda antecipada de bilhetes continua hoje até o meio da tarde nos pontos tradicionais e até o intervalo da partida na bilheteria do Farião. Os preços são de R$ 20 no módulo e R$ 10 na arquibancada, com meia-entrada nos dois setores para crianças até 12 anos, estudantes e idosos.

Os pontos de venda são a Loja Lugo Esportes, na avenida Primeiro de Junho; Galera dos Esportes, na avenida Sete de Setembro; Ponto do Cartão, na rua Rio de Janeiro; Mangueiras Brasil, na avenida Paraná; Ekipacar Auto Peças, no bairro Bom Pastor; e na bilheteria do Farião, à rua Fernão Dias, no bairro Porto Velho.

 A rodada 

A nona rodada terá mais cinco jogos hoje. À tarde, às 16h, no Estádio Municipal de São Gonçalo do Rio Abaixo, enfrentam-se o Tricordiano (6º) e o Tupynambás (4º).

Às 20h, serão disputadas três partidas. No Estádio Engenheiro João Guido, jogam Uberaba Sport (7º) e Ipatinga (9º). Em Patos de Minas, no Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz, duelam Mamoré (11º) e Democrata de Sete Lagoas (10º). No Estádio Parque do Sabiá, enfrentam-se CAP Uberlândia (5º) e América-TO (3º).

Fecham a rodada, às 20h15, no Estádio Soares de Azevedo, em Muriaé, Nacional (8º) e Social de Coronel Fabriciano (12º).

 Treino e dúvida 

Na manhã de ontem, no Farião, a comissão técnica comandou um treino leve para o elenco do Guarani. Com pouco tempo entre uma partida e outra, a preparação está sendo mais leve, sem exigir grandes esforços dos atletas.

Sob o comando dos auxiliares técnicos, com Gian Rodrigues apenas observando, os jogadores treinaram jogadas de cruzamentos, finalizações e de bolas paradas, em cobranças de falta.

Para o duelo de logo mais, frente o Serranense, o técnico Gian Rodrigues terá que mexer na equipe, a primeira vez em nove rodadas, por causa de suspensão de atletas. O volante Kauê e o atacante Pedrinho levaram o terceiro cartão amarelo na rodada anterior frente o Uberaba Sport, empate em 1 a 1, e ficam de fora hoje.

Para o meio campo, Yuri deve assumir a vaga de Kauê, formando o setor com Alemão e Leomir. Já para o ataque, persiste a dúvida. Gian tem para a posição os garotos Vitinho e Diego Silva, além do recém contratado Marcelo Quilder. Os dois primeiros são da cidade e já estão à disposição de Gian. Quilder, de 31 anos, depende de ter seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID), da Confederação Brasileira de Futebol, o que não havia acontecido até o meio da tarde de ontem.

O provável Guarani para enfrentar o Serranense (Betinense) deve ser de: Leandro; Ricardo Luz, Eduardo Mancha, Elder e Thiago Balaio; Yuri, Alemão e Leomir; Paulo Morais, Vitinho (Diego Silva ou Quilder) e Magalhães.

 

Comentários
×