São Roque e Tietê são os bairros com mais casos de dengue em Divinópolis

Da Redação 

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) divulgou, nesta sexta-feira, 17, os números atualizados de dengue no município. No total, até o momento, foram notificados 731 casos da doença, desse 531 confirmados, 125 foram descartados e 65 aguardam resultado. No índice de gravidade, nove pacientes estão com sinais de alarme e um  estado grave.

A secretaria ainda divulgou os dez bairros com mais casos confirmados. O bairro onde há mais pacientes com dengue é o São Roque, com 37 casos, seguido pelo Tietê, com 36. Há 32 no Santa Rosa, 29 no Bom Pastor, 28 no Realengo, 25 no Nossa Senhora das Graças, 24 no Jardim Candelária, 22 no Centro, 22 no Campina Verde e 16 no Serra verde.

— Em tempos de pandemia global causada pelo coronavírus, a preocupação com o Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue, chickungunya e zika vírus não deve ser deixada de lado nesse período de isolamento social, uma vez que grande parte dos focos de dengue se encontram nas residências — recomendou a Prefeitura.

O secretário Municipal de Saúde, Amarildo Sousa, alerta a população sobre os altos índices da doença no município.

— Buscamos sempre fazer campanha alertando os cidadãos, além da visita constante dos agentes da dengue. Cabe à população, ainda mais neste período de pandemia, dobrar os cuidados para não acontecer, por exemplo, a superlotação dos leitos do município — concluiu o secretário. 

A Prefeitura de Divinópolis informou que durante todo o ano executa medidas para controlar os índices de infestação da dengue no município, como mutirões de combate à dengue e dedetização com fumacê, além de campanhas de conscientização.

Comentários
×