Santa Casa de Formiga suspende UTI neonatal

Da Redação

A administração da Santa Casa de Caridade de Formiga divulgou na noite desta feira, 1º, que por causa da falta de acordo entre a entidade e a equipe médica da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal, aos pagamentos em atraso e às promessas desses pagamentos que não foram cumpridas por atrasos nos repasses constantes da Rede Cegonha, desde janeiro deste ano, e da Rede Urgência e Emergência, está suspendendo as atividades do serviço por tempo indeterminado.

Em meados de setembro, a equipe médica da UTI Neonatal fez uma negociação com a administração da Santa Casa, de que até 10 de outubro seriam pagos os valores referentes a maio, junho e 55% do mês de julho. Porém, esse acordo não pode ser cumprido.

Com isso, nesta semana, a equipe voltou a se reunir com a administração da entidade, que não recebe os recursos do Estado desde setembro e outros convênios como o Ipsemg a Polícia Militar, totalizando aproximadamente R$ 700 mil e não possui outra forma para quitar o compromisso assumido.

— Essa posição acabou gerando o desligamento dos profissionais médicos que já não suportam mais essa situação, uma vez que não há como dar assistência integral aos pacientes, colocando em risco as integridades física, psicológica e emocional de todos: médicos, pacientes e colaboradores — diz a Santa Casa.

Mesmo após o comunicado feito pelo deputado Jaime Martins no dia 29 de novembro, de repassar uma verba de R$ 750 mil para ajudar a Santa Casa de Formiga a custear suas dívidas, a equipe da UTI Neonatal se declarou irredutível à decisão de encerrar suas atividades.

Desde o dia 18 de novembro a unidade não admite nenhum paciente e providenciou a transferência dos que ali estavam internados. Nesta sexta-feira, às 18h30, todas as crianças já haviam sido transferidas e o setor foi desativado, por tempo indeterminado.

A Santa Casa de Formiga ressalta que as outras clínicas também estão com o pagamento em atraso e que a verba indicada por Jaime Martins e o valor que será repassado pela Prefeitura serão utilizados para manter os serviços restantes.

Comentários
×