Samu ajuda mais uma mãe em parto

Rafael Camargos

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Lagoa da Prata realizou, no início da manhã de ontem, 26, o parto da gestante Juscilene Teixeira da Silva, que estava grávida de nove meses e quatro dias. A jovem de 24 anos acabou dando à luz em casa após intensas contrações.A mãe e o bebê, chamado de Pietro de Almeida Silva, devem ser liberados da maternidade nesta quarta-feira, 27.

A equipe da foi até o bairro Santa Helena pouco depois de 5h. O marido dela foi quem acionou o serviço. Segundo relatos da técnica de enfermagem Jordana Ruana e do condutor socorrista Alexandre Freitas, a grávida estava na varanda de casa e, com muita dificuldade, conseguiu chegar até o quarto onde ocorreu o nascimento do bebê.

— Quando nós chegamos, a mãe estava com contrações em intervalos de um para dois minutos e o bebê já estava coroando. Dei uma breve olhada no último ultrassom que relatava que o bebê estava em posição cefálica e, neste momento, a médica da Central de Regulação nos questionou se tínhamos condições de fazer o parto e assim o bebê nasceu — relatou a técnica de enfermagem.

Juscilene contou que hoje mesmo marcaria uma cesariana, porque, nas últimas semanas, não estava sentido nenhuma dor que sinalizasse o nascimento do filho.

— Eu marcaria hoje mesmo a cirurgia, mas, quando foi de madrugada, as contrações vieram e de uma vez meu filho nasceu. Foi meu segundo parto, desta vez bem tranquilo e bem amparado pela equipe — destacou.

Após o nascimento da criança, que chorou no primeiro instante, a equipe prestou os primeiros atendimentos e fez o encaminhamento para o Hospital São Carlos. O menino nasceu com 3,455 kg e 56 cm.

 

Comentários
×