Salário dos servidores não será mais escalonado

Vencimento de outubro será pago amanhã, mas 13º está indefinido

Da Redação 

Depois de quatro longos anos, a Prefeitura de Divinópolis confirmou que o salário dos servidores municipais não será mais escalonado. Desde que assumiu o Executivo Municipal, em 2017, o prefeito Galileu Machado (MDB) adotou o parcelamento da remuneração dos servidores, sob a justificativa de estar enfrentando dificuldades financeiras. A medida foi utilizada pela primeira vez no fim de 2017, durou até março de 2018, voltou a ser praticada em 2019 e em alguns meses deste ano. 

A secretária municipal de fazenda, Suzana Dias Xavier, disse ao Agora que o escalonamento não será mais adotado pela Prefeitura. Segundo a secretária, durante a negociação para que o quinto parcelamento da dívida do Executivo com o Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Divinópolis (Diviprev) fosse aprovado, o Município firmou o compromisso de pagar o salário dos servidores municipais de forma integral, até o quinto dia útil. 

— O pagamento do servidor não será mais parcelado, porque este foi o acordo feito com os conselheiros do Diviprev, durante a negociação para o quinto parcelamento da dívida — revela. 

Salário

A Prefeitura anunciou ontem que fará o pagamento dos servidores de forma integral amanhã. Em nota, o Município disse que “a antecipação é resultado dos esforços da Administração Municipal na gestão dos recursos”.

13º salário

O Agora questionou a secretária sobre a situação do 13º salário da classe. Segundo Suzana, a situação do benefício ainda segue indefinida. Conforme também informou a secretária, o Município está trabalhando para garantir o pagamento dentro do prazo determinado pela Justiça – 20 de dezembro – mas afirmou que a situação depende da pandemia da covid-19. 

— Nós estamos trabalhando para tentar efetuar o pagamento dentro da data, mas ainda não há nada definido — informa. 

Comentários
×