Ruas são interditadas e bairros ficam desabastecidos após temporal

 

Ricardo Welbert 

A limpeza da sujeira e a manutenção dos danos causados pela tempestade que surpreendeu Divinópolis na segunda-feira, 15, seguiram ontem. Em boletim atualizado no fim da tarde, a Secretaria de Trânsito e Transportes (Settrans) fez um balanço das interdições de vias onde ocorreram quedas de árvores e do isolamento de trechos onde houve rompimentos de cabos elétricos, de telefonia e de internet.

Segundo a Settrans, os agentes trabalharam em conjunto com equipes da Defesa Civil e da Companhia Energética de Minas Gerais (Settrans). Foi preciso fazer o controle do tráfego de veículos e pedestres nos cruzamentos da rua Goiás com as avenidas Getúlio Vargas e 1º de Junho até que a energia fosse restabelecida.

Os agentes também apoiaram o serviço elétrico no cruzamento da Goiás com a avenida Antônio Olímpio de Morais, que ficou sem energia até o fim da manhã.

O trânsito na rua João Notini com Getúlio Vargas foi interditado devido à queda de uma árvore. O local foi liberado após o trabalho do Corpo de Bombeiros. A Rua Ibirité, no Bom Pastor, ficou isolada até a manhã de ontem, também devido a uma árvore caída.

Fios de alta tensão estavam soltos na rua São Paulo com a Getúlio Vargas. O local foi interditado. A Cemig informou que todos os 16 bairros que ficaram sem eletricidade já tiveram o serviço restabelecido. 

Faltou água 

Mais de dez bairros ficara sem água ontem. Em nota, a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) informou que a falta do produto foi causada pela interrupção de energia elétrica na Estação de Tratamento de Água (ETA) do Rio Pará.

Ficaram sem água os bairros Jardim Candidés, Centro Industrial Coronel Jovelino Rabelo, Danilo Passos I, Del Rey, Eldorado, Espírito Santo, Estância do Gafanhoto, Floramar, Grajaú, Halin Souki, Ipanema São Luiz, Jardim das Mansões, Manoel Valinhas, Niterói, Nova Suíça, Primavera, Prolongamento II do B Icaraí, Prolongamento São Lucas, Residencial Morumbi, São Caetano, São Geraldo, São Lucas, São Simão, Vila Romana, Do Carmo, Fazenda do Pontal, Fazenda da Usina, Vila Rica, Savassi, Danilo passos II, Universitário, Residencial Lagoa dos Mandarins e Prolongamento Manoel Valinhas.

Faltou luz 

A Cemig explicou que outro problema causado pelo temporal foi a queda ou quebra de postes. O Centro da cidade e os bairros São José e Interlagos foram as áreas atingidas com maior intensidade, seguidas dos bairros Nossa Senhora das Graças, Aeroporto, Juza Fonseca, Buritis, Icaraí, Vila Santo Antônio, Córrego do Barro, Niterói, Danilo Passos, Tietê, São Roque, São Judas Tadeu, Realengo e Jardim das Acácias.

Comentários
×