Rua é tomada pelo mato no bairro Manoel Valinhas

 

Ana Laura Corrêa 

“Aqui nem parece ser uma rua, parece ser uma estrada, na verdade.” A declaração é do empresário Clênio de Carvalho, que trabalha na rua Porto Velho, no bairro Manoel Valinhas, em Divinópolis.

A via é alvo constante de reclamação de quem mora ou passa pelo local.

– Já me roubaram três vezes. É muito mato, muito escuro e muito perigoso – resume Clênio.

De acordo com o empresário, veículos desmanchados podem ser encontrados na rua Porto Velho com frequência.

– A rua é bem isolada mesmo. Sempre, aos finais de semana, tem alguém desmanchando carro ou moto. Na porta da minha fábrica, já encontrei dois carros sem as rodas. Param aqui por quê? Porque é um lugar escuro, muito ermo, ninguém vê, ninguém passa, então fica fácil para fazerem isso. Quando eu chego, de manhã, preciso chamar a polícia para recolher – relatou.

Clênio afirma que os postes de iluminação pública da rua estão frequentemente com as lâmpadas queimadas, o que torna o local ainda mais perigoso.

– Viajo muito, chego aqui três horas da manhã para carregar e, às vezes, está tudo escuro. É muito perigoso. Aqui tem muitos lotes vagos e todos cheios de mato. Então, a maior reclamação é para que o lotes sejam capinados e as lâmpadas sejam colocadas nos postes – diz.

O empresário afirmou que já procurou a Prefeitura para solucionar o problema da iluminação, mas não obteve retorno.

– A gente até desanima, porque vamos à Prefeitura, solicitamos e eles não atendem. E, por ser uma rua que tem mais fábricas, em que os moradores são poucos, estamos à mercê. É um bairro quase central, num lugar bem movimentado, pra cima do Niterói, perto de faculdade. Se você vier aqui, vai dar de frente com uma roça, uma roça no centro da cidade – conta.

 Prefeitura 

Procurada pelo Agora, a Prefeitura de Divinópolis informou que demandas de manutenção de ruas devem ser encaminhadas por meio de dois canais oficiais: na internet e pessoalmente, no setor de protocolos.

– Pela internet, é através do endereço eletrônico da prefeitura. Na lateral direita do site, é necessário acessar o link ‘Cidadão’. Já pelo setor de protocolo, o contribuinte pode se dirigir ao prédio da Prefeitura na rua Pernambuco, 60, Centro, no térreo e fazer a denúncia pessoalmente das 12h às 18h – informou.

 

Comentários
×