RPPN Serra do Facão

Antônio de Oliveira 

Reserva natural é uma área com valores especiais, parque florestal que se destina à conservação de espécies animais e vegetais, beleza cênica, características históricas, dentre outras. Raramente uma reserva advém da iniciativa privada, mais raramente ainda de pessoas físicas. Por isso merece divulgação e incentivo quem assume esse tipo de empreendimento. 

Serra do Facão é o nome oficial da serra cujo cimo, bem estreito, estende-se por quatro quilômetros de comprimento, em Pará de Minas. Pela foto de satélite, a serra apresenta conformidade com uma lâmina de facão, fio de corte voltado para cima.

Roberto Oliveira de Carvalho e sua esposa, Vânia Maria Gonçalves de Carvalho, criaram a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Serra do Facão. O casal tem quatro filhos e seis netos. Roberto Ingressou na Força Aérea Brasileira em 1966. Cursou a Academia da Força Aérea, onde se graduou oficial aviador, cursou o ITA, graduando-se oficial engenheiro.

Serviu à Força Aérea Brasileira por 37 anos. Atuou na coordenação da implantação de aeroportos e bases de desdobramento na região amazônica, onde a sua admiração e o seu respeito à natureza tornaram-se uma questão vital. Alcançou o posto de major brigadeiro engenheiro, a mais alta patente conferida a um oficial engenheiro. Seu último cargo foi o de diretor de engenharia da aeronáutica.

Na reserva existem: quatis, macacos, tamanduás e tatus; já foram vistas espécies mais raras, como onças, jaguatiricas, veados, lobos, cachorros-do-mato, cutias e pacas. Variedade de aves, como jacu, nhambu, saracura, perdiz, gavião, juriti, tucano, pica-pau, joão-de-barro. Cobras: cascavel, jararaca, jararacuçu, coral, urutu, cobra verde, jiboia. Lagartos, répteis e aranhas. Besouros, mosquitos, formigueiros, abelhas...

Da flora existente: aroeira, braúna, cedro, copaíba, ipê amarelo, jacarandá, jequitibá, pequizeiro, sucupira, vinhático faveiro. A natureza como ela é!

antonioliveira2011@live.com

Comentários
×