Reviravolta na separação da dupla Gino & Geno

 

Jorge Guimarães

O mundo sertanejo foi pego de surpresa no início de 2019 com o anúncio da separação de Gino & Geno, uma das maiores duplas da história da música sertaneja. O fim da união ocorreu devido à decisão de Geno em se dedicar mais à família. 

Conforme comunicado, na época, pelo empresário Waguinho, Gino seguiria fazendo show já com um novo componente, Mauro, que fazia dupla com Avaí, com o nome de Avante.

Tudo parecia acertado, tanto é que Gino postou um vídeo em uma rede social já ao lado de seu novo parceiro. Depois de apresentá-lo, inclusive anunciou o lançamento de uma nova musica de trabalho.

— Estou aqui para apresentar o novo Geno. Felizmente ou infelizmente, o Geno opinou em parar para descansar curtir a família, o que já fez. Mas o Gino & Geno não pode parar, porque nós temos vários funcionários, e, o que tem menos filhos, tem dois. Não podemos deixar esses moços na rua. Assim, vamos levar a alegria do Gino & Geno e continuar no mesmo clima e equipe para o Brasil inteiro. Só preciso que vocês entendam a opção do Geno de parar e curtir o que já fez até hoje — disse Gino no vídeo.

Reviravolta

Mas, em uma reviravolta, dias depois, Geraldo Alves dos Santos, o antigo Geno, postou um vídeo na rede social Instagram dizendo que havia ocorrido um mal entendido. O vídeo já teve mais de 1.200 visualizações e centenas de comentários alusivos ao novo fato. Um entre muitos, escrito por Marcos de Sousa, deu uma dica certa: “É só dobrar o ‘N’. Fica Gino & Genno. Todos felizes”.          

Vídeo

No vídeo, Geraldo explica que sua identidade, a de Geno, foi construída ao longo de 50 anos de carreira, dentre outras ponderações. 

— Acredito que esteja havendo um mal entendido. Eu não autorizei nenhum artista a usar meu nome. Geno sou eu. É minha identidade e foi construída ao longo de 50 anos de carreira. É minha história. É quem eu sou. É como sou conhecido entre amigos, família e fãs. Estou encerrando minha vida nos palcos, mas meu nome levo comigo. Se alguém estiver usando o nome Geno é preciso que saibam que é sem meu conhecimento. Gino & Geno sempre irá existir na história que deixamos escrita ao longo desses anos. Peço compreensão de todos. Obrigado — disse Geraldo Alves dos Santos, o Geno.

Justiça

Diante dos novos fatos, o empresário da dupla, Wagner Tadeu de Paula, entrou na justiça contra Geraldo Alves dos Santos, com um pedido de indenização, no valor de R$ 9,1 milhões, por danos morais e materiais. De acordo com ele, existe uma agenda de cerca de 100 shows a serem cumpridos até o final do ano. O processo está no Tribunal de Justiça da 3ª Varal Cível de Divinópolis.       

Comentários
×