Reunião da Acasp discute segurança no uso de aplicativos de transporte em Divinópolis

Da Redação

A reunião da Acasp discutiu, nesta quarta-feira, 6, vários temas relacionados à segurança pública. Entre os assuntos debatidos no auditório da Acid, está o uso do transporte por aplicativos no município. Em 29 de outubro, foi aprovado por unanimidade na Câmara de Divinópolis um projeto de lei para regulamentação do serviço, ajustando medidas propostas no decreto que havia sido revogado anteriormente e atendendo pontos solicitados pelos motoristas.

Porém, uma das questões abordadas envolve a situação em que a população não utiliza os aplicativos para acionar os motoristas – que em alguns casos não são cadastrados nas plataformas, podendo configurar transporte clandestino – e acabam pagando mais caro nas corridas. A situação tem gerado insegurança e a sensação de que o usuário pagou um valor acima do que o serviço realmente custou.

O gerente de Operação e Fiscalização de Trânsito da Settrans, Victor Moreira, alertou para os riscos de não se utilizar os aplicativos em casos de transporte individual, já que as plataformas garantem a segurança tanto do motorista quanto do passageiro, sendo reforçadas agora pela lei aprovada na Câmara.

Já o presidente da Associação Divinopolitana de Motoristas de Aplicativos (Adima), Romulo de Oliveira Junior, explicou que é preciso separar o transporte clandestino de passageiros do trabalho feito por motoristas por aplicativo.

— O uso do aplicativo na hora de acionar o motorista/veículo é importante tanto pela segurança para o usuário quanto para o motorista. O que estão fazendo é associar transporte clandestino de passageiros aos motoristas de aplicativos. Esse estigma tem que ser quebrado, e a fiscalização deve ser pesada para os ilegais — acrescentou.

O presidente da Adima disse ainda que a regulamentação deve contribuir com as ações de fiscalização do poder público e, assim, garantir a segurança para o trabalho dos motoristas que atuam no transporte por aplicativos.

— Estamos disponíveis a ajudar a população, órgãos de segurança pública e demais para que possamos trabalhar e prestar melhor serviço para a população.

Comentários
×