Retrocesso!

Retrocesso!

Divinópolis pertencia à zona rural do município de Itapecerica e graças a homens públicos valorosos e cidadãos comprometidos, conseguiu se emancipar política e administrativamente. 104 anos se passaram e eis Divinópolis fazendo o caminho da roça, envergonhando seus idealizadores, pois uma cidade com 230.937 mil habitantes se tornar refém de uma pequena cidade com pouco mais de 65 mil habitantes é vergonhoso. Sim, Divinópolis se tornou refém de Formiga no que diz respeito a saúde.

Haja caridade!

Minas Gerais é dividida em 12 mesorregiões, subdivididas em 66 microrregiões. É a metrópole da mesorregião Oeste que é composta por 44 municípios que juntos têm uma população de quase 925 mil habitantes. A microrregião de Divinópolis é composta por 12 municípios que juntos têm população de mais de 450 mil habitantes, mas Formiga, que nem faz parte da microrregião de Divinópolis, é que dá o tom. Vejamos: no final de  novembro/2014, o então prefeito Vladimir Azevedo (PSDB) entregou a administração da Unidade de Pronto Atendimento-UPA para a Santa Casa de  Caridade de Formiga, com dispensa de licitação.  No mês de dezembro/2014, ou seja, poucos dias após a contratação, a Santa Casa de Caridade de Formiga sofreu intervenção, com o afastamento de seu provedor, Geraldo Couto, e de toda a mesa administrativa.  Isso deveria ter servido de alerta para rescindir o contrato, porém houve renovação, tendo sido mantido até recentemente. Resumindo: a Santa Casa de Caridade de Formiga que já demonstrava não conseguir cuidar de si, foi escolhida para administrar a UPA da capital da mesorregião Oeste. Resultado: trágico. Mas desde o início se mostrou uma tragédia anunciada.

Formiga de novo!

Até o início da segunda quinzena de outubro/2014, a administração da UPA estava a cargo de José Orlando Fernandes Reis. Após levar ao conhecimento do Ministério Público supostas irregularidades cometidas pela gestora da UPA, a Santa Casa de Formiga, ele foi demitido via whatsApp. Com a vacância do cargo, foi chamado o ex-vereador por Divinópolis, José Geraldo Pereira, conhecido por Geraldinho da Saúde. Até aí tudo bem! Mas o Geraldinho da Saúde estava ocupando o cargo de secretário municipal de Saúde de Formiga! Pelo visto, para cuidar da saúde de urgência/emergência em Divinópolis tem que passar por Formiga (?).

Vereadores das redes sociais

Recebi dos EUA e da Europa o vídeo de Delano Santiago (PMDB) mostrando as condições da UPA em Divinópolis. Já ultrapassam 5,8 milhões de visualizações. Os vídeos de Cleitinho Azevedo (PSB) também ultrapassam a casa dos milhões de visualizações. Acho interessante  os xingamentos, as cobranças que fazem chamando esse ou aquele à responsabilidade. Porém, tais arroubos remetem-nos à época de campanha eleitoral.  É preciso não se esquecerem que estão em gozo do mandato que lhes foi outorgado e foram eleitos  porque se comprometeram a ser parte da solução. Populismo não!

Lava Jato

Após as últimas declarações do novo diretor da Polícia Federal, Fernando Segóia, o sentido de que uma mala não prova nada, os grupos de rua  de todo o país resolveram promover uma manifestação  no dia 3/12/2017 em defesa da Lava Jato e da Polícia Federal. As lideranças temem que a operação Lava Jato tenha o mesmo fim que a operação Mãos Limpas na Itália.  Em Belo Horizonte será a partir das 10h, na  Praça da Liberdade. Venha conosco! Ulisses Guimarães disse uma vez “A única coisa que mete medo em político é o povo na rua". O Brasil para ser passado a limpo precisa de você!

Comentários
×