Retomada das obras no hospital regional começa a ganhar forma

Da Redação

Os anúncios feitos pelo governador Romeu Zema (Novo) da retomada das obras de alguns dos hospitais regionais, dentre eles o Divino Espírito Santo, em Divinópolis,  começam a tomar forma. O Estado anunciou ontem a contratação de profissionais para atuarem em três cidades: Belo Horizonte, Curvelo e Divinópolis. Os empregos são referentes às ações de reparação e compensação dos danos provocados pela Vale, no rompimento da Barragem B1, da mina Córrego do Feijão, em Brumadinho.

As inscrições para participar do processo seletivo simplificado da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) serão abertas no dia 18, às 8h, e encerradas no dia 25, às 23h59, por meio do site www.social.mg.gov.br.

Divinópolis

O hospital regional Divino Espírito Santo começou a ser erguido ainda em 2010, no entanto, diante da crise financeira, o Estado interrompeu os repasses e, em 2016, as obras foram paralisadas. Zema afirmou na última semana que, além de Governador Valadares, outras cidades teriam suas unidades concluídas, dentre elas Divinópolis.

— Desde que eu assumi o governo de Minas, uma das questões que eu sou mais questionado em todas as viagens que eu faço ao interior do estado, principalmente, é com relação aos hospitais regionais — anunciou.

Apesar do comunicado, o governador ressaltou que o acordo com a Vale ainda está sendo finalizado.

Etapas

O processo seletivo terá três etapas: candidatura e habilitação; análise de currículos e títulos; e entrevista. As candidaturas serão avaliadas por uma comissão instituída por meio da Resolução Sedese nº 17/2020.  O prazo de validade do Processo Seletivo Público Simplificado (Edital Sedese nº 01/2020) será de até seis meses, a partir da publicação do resultado final, podendo ser prorrogado pelo prazo máximo de 18 meses.

A seleção dos profissionais ocorre em função da celebração, em fevereiro deste ano, de um termo de acordo entre o Comitê Gestor Pró-Brumadinho e a Vale, homologado em juízo, em março. Os valores das contratações, incluindo encargos, acréscimos e demais vantagens, serão custeados pela mineradora.

Seleção

Os candidatos deverão se inscrever na página  www.social.mg.gov.br e fornecer as informações solicitadas como cópias digitalizadas de diplomas, emitidos por instituições de ensino oficiais, de carteira de trabalho e de registro em conselho de classe, quando for necessário.

Serão analisados os currículos e os títulos dos candidatos para habilitação, com caráter eliminatório, e pontuação conforme os critérios estabelecidos no edital. Os três candidatos com maior pontuação, por vaga, serão convocados para etapa de entrevista, que poderá ser realizada por meio de videoconferência.

Vagas

O edital contempla 18 vagas para exercício de atividades em Belo Horizonte, Curvelo e Divinópolis. Veja abaixo as descrições e requisitos para a função.

Função: Analista de Gestão e Políticas Públicas em Desenvolvimento

Remuneração bruta: R$ 2.292,09 + vale alimentação de R$ 47 por dia trabalhado

Escolaridade: Ensino superior completo

Carga horária: 40 horas semanais

Atribuições: Apoio técnico às ações da Sedese nos municípios atingidos pelo rompimento da Barragem B1, da mina Córrego do Feijão, em Brumadinho.

Comentários
×