Resumo desta quarta, 16: as principais notícias de Divinópolis e região para terminar o dia bem informado

 


Boa noite! Aqui estão as principais notícias para você terminar o dia bem informado.

Aumento do IPTU voltará à Câmara de Divinópolis

O reajuste do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) voltará à pauta na Câmara de Divinópolis. De acordo com o diretor de comunicação da Prefeitura, Evandro Araújo, o projeto que assombrou Divinópolis no fim do ano passado será apresentado à imprensa em uma coletiva, ainda sem data definida. A proposta deverá ser apresentada junto com o novo organograma do Executivo nas próximas semanas. 

Servidores estaduais em greve

Servidores da rede estadual de ensino do Centro-Oeste iniciaram nesta quarta-feira, 16, uma paralisação das atividades. A medida é uma forma de protesto contra o anúncio da nova data para pagamento do parcelamento do salário anunciado pelo governador Fernando Pimentel nesta terça-feira, 15, e pelo atraso dos vencimentos. Em Divinópolis, 28 das 35 escolas estaduais aderiram ao movimento. Outros detalhes estarão no Agora desta quinta, 17.

Caixa cassa operação de construtora de casa que põe família em risco

Quase um mês após o Agora mostrar a situação de uma casa na rua Nigéria, no bairro Paraíso, que tem vários danos estruturais e ameaça a segurança dos moradores, pois corre risco de desabar, a Caixa respondeu sobre o imóvel, construído por meio do programa “Minha Casa Minha Vida”, do governo federal.

 

PM lacra laboratório de drogas em Divinópolis

A Polícia Militar (PM) apreendeu vários itens usados para o refino de cocaína em Divinópolis. O laboratório funcionava no bairro Tietê até a noite desta terça-feira, 15, quando a PM chegou ao local

Governo de Minas anuncia nova data de pagamento da 1ª parcela do funcionalismo

O Governo de Minas anunciou que a nova data de pagamento da primeira parcela dos salários do funcionalismo público do Executivo estadual é sexta-feira, 18. Disse que a alteração foi necessária tendo em vista a análise preliminar da lista de servidores com supostos acúmulos de função apontados pelo Tribunal de Contas. Confira os critérios adotados

Comentários
×