Registrados dois homicídios em menos de 48 horas

 

Ana Laura Corrêa

Morreu na manhã de ontem, 17, no Complexo de Saúde São João de Deus (CSSJD), um homem de 47 anos, a 45ª vítima de homicídio deste ano em Divinópolis.

De acordo com a Polícia Militar, na noite de domingo, 16, por volta das 23h, o homem foi espancado em casa, onde morava sozinho, na rua Jesuíno Ferreira da Silva, no bairro Santa Lúcia.

Ainda segundo a PM, havia uma banqueta de madeira próxima a uma poça de sangue, o que pode indicar que a vítima tenha sido agredida com o objeto.

Ele foi socorrido pelo Samu em estado grave e levado para a Sala Vermelha do CSSJD.

Segundo testemunhas, a vítima era dependente química e a casa era frequentada por diversos usuários de drogas.

O autor do homicídio, de 26 anos, foi preso em flagrante e, de acordo com a PM, aparentava estar sob efeito de álcool. Ainda segundo a polícia, ele tem passagem por crimes de furto e roubo.

Sábado

O homicídio acima foi o segundo registrado em menos de 48 horas em Divinópolis.

Na tarde de sábado, um homem de 24 anos foi assassinado no bairro Vale do Sol.

De acordo com a Polícia Militar, a ocorrência foi registrada na rua Belém, onde a vítima estava caída com vários disparos na região da cabeça.

Ainda segundo a PM, o homem tinha diversas passagens policiais. Familiares relataram à polícia que ele tinha envolvimento com o tráfico de drogas.

Tentativa

Já na tarde de ontem, 17, um homem de 38 anos sofreu uma tentativa de homicídio na rua Lita Carvalho, no bairro Santa Rosa, em Divinópolis.

Segundo a polícia, testemunhas teriam ouvido barulhos semelhantes a tiros no endereço da ocorrência. Outra testemunha disse ainda à PM que apenas ouviu o barulho de uma moto, mas não viu nada.

A vítima foi encontrada pelos militares com quatro perfurações aparentes e ainda com vida. Ele foi levado para a UPA e encaminhado para a Sala Vermelha do CSSJD em estado grave.

De acordo com a PM, a vítima tem passagens policiais por tráfico de drogas, ameaça e desobediência.

Até o fechamento desta matéria, por volta das 18h, a vítima ainda era avaliada pela equipe da Sala Vermelha do CSSJD.

 

Comentários
×