Recomendação do MP suspende venda de passaportes e ingressos da Divinaexpo

Jorge Guimarães 

O Sindicato Rural e a Lucs Promoções informaram nesta sexta-feira, 20, que, devido a recomendação do Ministério Público de Minas Gerais, que trabalha para conter a propagação do novo coronavírus, está suspensa a venda de passaportes e ingressos nas lojas físicas e on-line, por um período de 30 dias. 

— Respeitando a política de transparência, até o exato momento, na data de hoje, dia 20, a programação da Divinaexpo segue normalmente. Durante o período de suspensão, 30 dias, o Ministério público não exigirá o reembolso do valor pago pelos consumidores pelos ingressos já comercializados. Pedimos a compreensão de todos e vamos juntos, fazer a nossa parte para conseguir combater o coronavírus — disse o presidente do Sindicato Rural, Irajá Nogueira.

       

Comentários
×