Rasputin

João Carlos Ramos

Grigori Yefimovich Rasputin (Pokrovskoie 21/01/1869 - Petrogrado 30/12/1916) foi um famosíssimo místico russo que obteve grande influência na corte do czar Nicolau II, o grande e último imperador da Rússia, assassinado em 1918. Rasputin foi um monge que se envolveu em misticismos, se tornando uma figura lendária, principalmente entre os familiares do czar. A czarina Alexandra Feodorovna o considerava um profeta e grande curador, pois vários fatos haviam testificado disso, como a cura de seu filho Alexei. Sendo uma figura de renome extraordinário, Rasputin atraiu para si grande influência política, gerando fortuna e um harém pessoal, em meio a um casamento duvidoso. Biógrafos de reputação afirmam que ele possuía um olhar altamente magnético e, consequentemente, atraía para a cópula mulheres crédulas e carentes da mais alta sociedade russa. Não tardou para ele atrair também a inveja e o ódio de altos dignitários, ligados ao poder de então. Tramavam sua queda e quase tiveram êxito em várias ocasiões. Indubitavelmente, ele deixou um legado para o povo russo, pois historiadores são unânimes em afirmar que suas profecias eram infalíveis. Antes de ser assassinado, aproximou-se do czar Nicolau II e lhe fez a grande advertência profética:

"Pressinto que vou morrer antes do dia 1º de janeiro. Se eu for morto por assassinos comuns, particularmente pelos meus irmãos camponeses, tu, czar da Rússia, não terás nada a temer por seus filhos. Se eu for morto por nobres russos, suas mãos ficarão manchadas por meu sangue durante 25 anos. Se ouvires o som dos sinos a dizer que eu fui morto, saiba que foi um dos teus que provocou a minha morte. A maldição virá sobre toda sua família e tu, esposa e todos os teus filhos serão assassinados dentro de dois anos". Logo após sua advertência, seus inimigos armaram uma trama e o assassinaram a tiros, lançando seu cadáver em um rio gelado, conforme relatos da época. Em 1918, os bolcheviques, liderados pelo revolucionário comunista Lenin, deram cumprimento a famosa profecia. Toda a família imperial foi barbaramente assassinada! John Reed, em seu best-seller “10 DIAS QUE ABALARAM O MUNDO”, descreve os fatos que aconteceram na cidade de Petrogrado, durante os dez dias que culminaram com a implantação do regime comunista russo. Enfatizo que não posso fazer juízo de valores, baseado nos registros históricos. Igualmente afirmo que "dons e vocações são dados sem arrependimento - Romanos 11:29". Assim sendo, a pessoa nasce com dons e chamadas, e ela, obviamente, fará com eles o que lhe aprouver. Contudo, tudo que o homem semear certamente ele ceifará aqui e no além-túmulo. Devo esclarecer que os videntes são a "boca de Deus" e não podem ser ridicularizados e/ou assassinados, pois o preço altíssimo terá de ser pago, não importando as consequências. Abrindo um parêntesis, sabemos que Nostradamus profetizou a morte de seus futuros zombadores e vários outros videntes foram vingados pela fúria e propósitos divinos.

O espaço é limitado para que eu possa descrever outros fatos do gênero. Minha solene advertência a todos os meus leitores é essa: "Não zombem dos videntes, pois a vingança virá, publicamente". Não julguem Rasputin pelas suas falhas, mas respeitem-no pelos seus acertos e dons.

Que Deus nos ilumine!

jocarramos@gmail.com

Comentários
×