Raposa saindo da UTI

José Carlos de Oliveira 

O Cruzeiro continua em situação política e financeira de verdadeiro caos, mas aos poucos os membros do Conselho Gestor (torcedores apaixonados da Raposa que decidiram arregaçar as mangas para tirar o clube do buraco) fazem seu trabalho e acendem uma luz no fim do túnel. 

Ainda há muito a ser feito, mas pelo menos o clube vai sendo limpo e aqueles que “enfiaram a mão grande” nos cofres celestes devem em breve ser chamados à responsabilidade e enfim pagar pelos seus malfeitos. 

Que a Justiça seja o mais dura possível com os dirigentes inescrupulosos é tudo que a China Azul espera que aconteça.

Liminares

E por falar em Justiça, não dá para entender é os homens da capa preta passarem a mão na cabeça de determinados marginais e conceder liminares para que eles possam votar nas eleições marcadas para a próxima quinta-feira, 21.

Entenda o caso

Acontece que semanas atrás o presidente do Conselho Deliberativo do Cruzeiro havia determinado a suspensão dos conselheiros que recebiam salários para trabalhar no clube, algo que é proibido pelo estatuto, e agora me vêm os juízes concedendo liminares para que eles possam votar no pleito desta semana.

Ontem mesmo quem recebeu as “benesses” da lei foi o conselheiro e ex-dirigente Serginho Nonato (o moço da tv), que foi um dos mais envolvidos no esquema montado pelo ex-presidente Wagner Pires de Sá.

Larga o osso

Pelo que parece, este pessoal não quer abrir mão de suas regalias, não largam o osso de maneira alguma e só pensam em passar por cima de tudo e todos, como se o Cruzeiro fosse a casa da mãe Joana. E, para piorar, ainda me vem a Justiça dando a eles o direito a voto.

Perguntinha

E ficam aqui algumas perguntinhas para este pessoal que insiste em se manter na política do clube. Vocês estão esperando o quê? Que a torcida os aceite de volta, mesmo com toda a roubalheira que aprontaram?

Se liguem, manés, mesmo que contem com o apoio dos hoje candidatos na eleição desta semana, a torcida não deixará que o eleito venha a lhes dar indulto. Enfiaram mão na Raposa e terão que pagar caro por seus atos. De preferência que nunca mais voltem a pisar em qualquer dependência do clube, da sede administrativa aos centros campestres e à Toca da Raposa III. Querer torcer pelo time em campo é um direito de todos, mas que estes dirigentes corruptos e ladrões o façam de casa, acompanhando a Raposa pelo rádio ou pela telinha da TV.

Dívidas na Fifa

O problema mais grave que o Cruzeiro enfrenta atualmente – herança deixada não só por Wagner Pires, mas também por Gilvan do Pinho Tavares – é com as dívidas que estão na Fifa. A Raposa perdeu o julgamento e foi condenada a saldar os débitos, com vencimentos definidos para este mês e para meses futuros.

Pagamento

O presidente interino, José Dalai Rocha, garantiu na semana passada, em live, que o Cruzeiro vai resolver esta situação mais imediata sem problemas e que o clube não sofrerá punições na Fifa. Acordos com clubes para prorrogar o prazo estão sendo fechados, e o Cruzeiro ainda busca parceiros para fazer o pagamento que for mais imediato.

Clube enxuto

O dirigente ainda garantiu que o próximo presidente receberá o Cruzeiro em melhores condições. Ainda precisando, sim, de cuidados, mas já deixando a UTI.

Comentários
×