Que honrem a confiança

Editorial

Os vereadores da Câmara de Divinópolis voltam do recesso na próxima semana. Assim, chegará o momento em que “o filho chora e a mãe não vê”. Resumindo no popular, é a oportunidade que o povo divinopolitano tanto esperou e quer ver. Janeiro foi dedicado quase exclusivamente para os parlamentares eleitos “blogueirarem”. Vários vídeos foram gravados, mostrando isso, aquilo, rua assim,  buraco aqui, acolá… Tudo dentro dos conformes. Mas vai ser a partir de terça-feira,  2 de fevereiro, que a “coisa” vai começar a pegar. As reuniões ordinárias voltam, as votações dos projetos, as apresentações das propostas dos vereadores, os discursos acalorados e os posicionamentos sobre as situações que demandam atenção em Divinópolis. E vai ser só depois do retorno desses trabalhos que a população terá uma noção do que espera a cidade nos próximos quatro anos. 

Como sonhar não custa nada, o que se espera dos vereadores é que eles estejam abertos ao debate e às reais demandas da cidade. São ações efetivas, que tragam resultado. Que os escolhidos pelo povo não se limitem aos problemas de infraestrutura e vídeos solicitando compartilhamentos. O que se espera é que haja respeito um com o outro, e que o interesse coletivo esteja acima do interesse individual de cada parlamentar. O que se espera é que os vereadores saiam do teatro e venham para a vida real. Que não se repitam polêmicas como na última legislatura, que nada acrescentam. Que os vereadores respeitem a imprensa e a sua liberdade. Que  façam uma fiscalização justa, tanto dentro da Casa quanto no Executivo. A expectativa, no mínimo, é que o nível do debate melhore e que os divinopolitanos se sintam representados por meio das ações. 

O que o povo quer de verdade é que o seu voto valha à pena. Que Divinópolis se desenvolva. Que os trabalhos sejam voltados para o coletivo. Neste momento, cercado pela expectativa do fim do recesso parlamentar, o que se espera é que esta legislatura não seja como a última. Espera-se que os vereadores sejam capazes de induzir a participação popular em debates que envolvem Divinópolis como um todo. Que consigam transformar a Câmara de Divinópolis na Casa do Povo, como deveria ser. O desejo é que consigam trilhar e abrir caminhos para uma Divinópolis melhor, mais justa, mais igual, onde todos tenham oportunidades. Que a atual legislatura consiga abrir caminhos para que o enfrentamento à pandemia da covid-19 seja eficaz. Que a doença – que já matou tanta gente, deixou tantas famílias da cidade dilaceradas – não sirva mais uma vez só de palanque e oportunismo. É chegada a hora de conhecer um por um, cobrar as promessas lindas nas redes sociais e escancarar a verdade.

Resumindo, o que o povo espera é que os parlamentares trabalhem, de verdade. Que honrem os votos e a confiança recebida desse povo que já está cansado de ser iludido, enganado e que está tão descrente das políticas públicas, e da política. E, para que tudo seja concretizado, não é necessário muito. É primordial que, além de vídeos e boa vontade, os vereadores sejam capazes de planejar e articular, de forma que a população seja beneficiada. O tempo do trabalho chegou.

Comentários
×