Quase 2.500 mamografias realizadas gratuitamente este ano

 

Da Redação

Até o momento, 2.418 exames de mamografia foram realizados em 2018 pela Prefeitura. Neste mês, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) intensifica as ações de conscientização e orientação da importância da prevenção ao câncer com uma série de ações especiais.

Outubro é o mês onde a prevenção ao câncer de mama se intensifica. A doença mata milhares de mulheres no país, entretanto, caso seja diagnosticado no início, as chances de cura são altas. A campanha “Outubro Rosa” serve como conscientização para mulheres se prevenirem contra o câncer de mama.

Dos2.418 exames realizados neste ano, entre janeiro e setembro, 1.257 mulheres foram à Santo Antônio do Monte realizar os exames custeados pelo Município. Outras 1.161 mulheres fizeram mamografia no Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região do Vale do Itapecerica (Cisvi).

Prevenção

A diretora de Atenção à Saúde, Inês Alcione, destaca a importância do exame para a cura dos pacientes.

— A mamografia é de extrema importância para a detecção precoce do câncer. Diagnosticando-se o tumor em seu estágio inicial, as chances de cura são bem maiores. Além disso, sabendo-se da existência da doença precocemente, em muitos casos a cirurgia para remoção da mama não é nem necessária, apenas a do tumor —, explicou.

Por prevenção, as mulheres devem ir a uma unidade de saúde e realizar o exame clínico capaz de detectar a necessidade de uma mamografia ou não.

Grupo de risco

Mulheres com idade entre 50 e 69 anos possuem atendimento prioritário por serem consideradas mais vulneráveis à doença. Segundo o Ministério da Saúde, essa faixa etária é considerada o fator de risco. As mulheres diagnosticadas com o câncer nessa idade são encaminhadas à Santo Antônio do Monte, cidade referência no rastreamento e diagnóstico da doença.

Caso a doença não seja diagnosticada, é recomendável que o paciente faça o exame a cada dois anos.

Exames

Os exames de rotina, assim como o autoexame auxiliam no diagnóstico precoce da doença. Os mais conhecidos são os exame clínico das mamas e mamografia que devem ser realizados periodicamente.

Toda mulher com 40 anos ou mais devem realizá-los anualmente. Entre 50 e 69 anos, a mulher deve fazer uma mamografia a cada dois anos.

O exame clínico das mamas é quando o médico ou enfermeiro observa e apalpa as mamas de sua paciente na busca de nódulos ou outras alterações. A mamografia é uma radiografia das mamas realizada por um equipamento chamado mamógrafo: é feita uma compressão das mamas para visualizar pequenas alterações, o que permite descobrir o câncer de mama em fase inicial.

O autoexame também é arma eficaz no combate ao câncer. É importante que a mulher esteja atenta ao seu corpo e à saúde das mamas.

 

 

Comentários
×