Promessa de campanha, por enquanto, não é cumprida

Cargos comissionados na Prefeitura ultrapassam 130; no entanto, redução da gestão Gleidson é de 39%

Da Redação 

Reduzir os cargos comissionados e, consequentemente, reduzir custos. Esta foi uma das principais promessas do prefeito de Divinópolis, Gleidson Azevedo (PSC), em sua campanha eleitoral. O compromisso de manter o Executivo Municipal com “no máximo 100 cargos comissionados”, por enquanto, não vem sendo cumprido. De acordo com os dados do Portal da Transparência, já foram feitas 133 nomeações, sendo 90 cargos comissionados ocupados por servidores públicos e 43 de livre nomeação. 

Apesar de a Prefeitura ter 223 cargos comissionados criados por lei, e de atualmente o Executivo ter 90 vagos, com pouco mais de 100 dias de governo, esse número já tem 33 a mais. Em entrevista ao Agora em outubro do ano passado, durante sua campanha eleitoral, o então candidato criticou o ex-prefeito Galileu Machado (MDB), que deixou a administração com mais de 200 nomeados, e afirmou que diminuiria o número para menos de 100. 

– Eu não vou falar que se eu pudesse eu ia acabar com todos os cargos comissionados, porque a gente não consegue. Eu pretendo diminuir de 223 cargos comissionados hoje para menos de 100. E, principalmente, vão ser apenas pessoas técnicas, escolhidas a dedo, para elas gerenciarem apenas aquilo que sabem fazer, que esteja na área delas — disse à época.

Secretarias 

Conforme o Portal da Transparência, a única pasta que não há nenhum cargo comissionado é o gabinete da vice-prefeita, Janete Aparecida (PSC). As demais secretarias têm nomeações, porém, em todas há cargos vagos. 

Redução 

Apesar de não ter chegado ainda aos 100 cargos pretendidos, Gleidson mantém reduzidas as nomeações se comparado com a gestão anterior. Galileu Machado deixou a administração com 220 pessoas nomeadas. Na gestão Gleidson, a redução foi de 39%. Além da diminuição, o atual prefeito mantém dentro da margem o acordo feito com o Sindicato dos Servidores Municipais (Sintram) de ter pelo menos 70% das vagas destinadas a servidores de carreira. Atualmente 67% dos cargos comissionados são ocupados por funcionários efetivos do Município. 

Prefeitura

A assessoria de comunicação, não conseguiu passar todos os números até o fechamento desta página, por volta das 18h, porém, afirmou que fora os servidores, o Município tem entre 40 a 50 comissionados. 

 

 

Comentários
×