Projeto 'Medicamento em Casa' completa três meses em Divinópolis

Da Redação

O projeto “Medicamento em casa” completa três meses de implantação em Divinópolis nesta sexta-feira, 21. Uma parceria com o aplicativo de mobilidade urbana 99 e a  Defesa Civil. Desde o início do projeto até a data de hoje foram atendidos 466 pacientes. Ao todo, o projeto contempla 620 pacientes.

O serviço não tem custo para o paciente e faz parte das ações de combate à pandemia ao coronavírus em Minas Gerais, evitando filas e aglomerações.  Inicialmente, o projeto atendia às pessoas com doenças pulmonares e asma, porque elas têm comorbidades que podem levar a uma piora do quadro clínico, caso contraiam o vírus. Hoje, este público foi ampliado. Apenas pacientes com uso de termolábeis – produtos sensíveis à temperatura que devem ser armazenados de acordo com a faixa de temperatura informada pela indústria farmacêutica – e controlado não foram contemplados pelo projeto.

Hoje, o programa atente os municípios de Juiz de Fora, Belo Horizonte, Uberlândia, Coronel Fabriciano e Teófilo Otoni, Pouso Alegre, além de Divinópolis. Outra medida também adotada é que os pacientes da hemodiálise retiram os medicamentos diretamente na instituição hospitalar, como já acontece com os pacientes de oncologia.

 

Comentários
×