Projeto ‘Intervalo Cultural’ em nova fase

 

O Projeto Intervalo Cultural vai pegar a estrada e visitará três cidades da região: Itaúna, Carmo do Cajuru e Divinópolis.

O projeto é uma aula-show, através da qual, temas como meio ambiente, ética, consumismo, “Internet”, considerados relevantes na formação dos alunos são colocados em debate e amplificados por meio da mensagem que as canções trazem para “a conversa”.

Agenda

Os começam nesta sexta – feira, 3, em uma escola estadual de Itaúna. Na próxima sexta – feira, 10, aapresentação será em Carmo do Cajuru. E para finalizar a agenda de agosto, no dia 24, a banda retorna a Divinópolis para a vista à Escola Estadual Santo Tomaz de Aquino.

“A música é o canal para e educação”; este sempre foi o lema dos integrantes da Podgiz, que trabalha a música com este objetivo.    

— O projeto que vem sendo desenvolvido desde 2013 em escolas de Divinópolis, agora ganha novos ares. Sempre soubemos do potencial do projeto. Ser contemplado com a Lei Estadual de Incentivo à Cultura é a consagração de que o que o Projeto Intervalo Cultural vem desenvolvendo dentro das escolas é significativo e promove debates importantes sobre temas essenciais para a formação dos alunos — comenta o professor e músico Eduardo Maia.

Apoio

A Banda Podgiz é formada pelos professores Eduardo Maia (português), Rogério Bond (matemática), Alfredo Gontijo (psicanálise), Pedro Vasconcelos (música) e Guilherme Ribeiro (informática) e, desde 2013, ensina por meio da música.

Com o patrocínio da Katuxa Calçados e viabilizado por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais o projeto faz sua primeira turnê em 2018.

 

Comentários
×