Programa federal oferece telefonia mais acessível a famílias carentes

Da Redação

Alguns direitos da população são pouco divulgados e, consequentemente, desconhecidos pela população. Um deles é o Acesso Individual Classe Especial (Aice), também conhecido como Telefone Popular. O benefício é um plano direcionado às famílias inscritas no Cadastro Único e que recebem programas sociais do governo federal. O serviço é ofertado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) ou concessionárias de telefonia fixa.

Só em Divinópolis, 2.359 famílias são beneficiadas com a Bolsa Família e 3.589 pessoas recebem Benefício de Prestação Continuada (BPC), conforme os dados de novembro e outubro, respectivamente, do Portal da Transparência do governo federal. Essas pessoas têm direito a um plano de telefonia especial.

A assinatura deste plano tem um custo mensal de, no máximo, R$ 15, incluindo uma franquia de 90 minutos para ligações locais que são destinadas a telefones fixos.

O pacote possibilita às famílias terem maior controle nos gastos, pois todas as ligações são feitas através da compra de créditos.

Como fazer

Para solicitar o Telefone Popular, o responsável pela inscrição feita no Cadastro Único deverá ligar para a central de atendimento das concessionárias ou nas lojas de atendimento pessoal. Para o cadastro, são necessários o Número de Identificação Social (NIS) e CPF.

O prazo para a instalação do telefone é de, no máximo, sete dias. Para mais informações, acesse https://podecomparar.com.br/.

Comentários
×