Procura-se doação de sangue em Divinópolis

Da Redação

Corriqueiramente a questão da doação de sangue tem sido debatida na sociedade. São inúmeras campanhas que conscientizam as pessoas para a importância da doação. Inúmeras pessoas dependem da doação de sangue para sobreviver. Em Divinópolis, o horário atual para fazer doação é de 7h às 10h. Maria Sueli de Almeida, a mãe do frei Laércio, é uma das pessoas que precisa de doações para sobreviver.

A senhora está internada no Complexo de Saúde São João de Deus (CSSJD). Para abastecer o estoque do Centro de Hematologia e Hemoterapia de Minas Gerais (Hemominas), é necessário fazer uma doação nominal para Maria Sueli.

Para se tornar doador é preciso passar por uma avaliação prévia em ambulatório. Os exames têm o objetivo de detectar alguns impedimentos, como doenças, para a doação. Essa entrevista é particular e os dados são mantidos sob total sigilo.

Existem normas nacionais e internacionais para a triagem de pessoas aptas a doar sangue, sendo que órgãos como o Ministério da Saúde e a Associação Americana de Bancos de Sangue são responsáveis por esse controle.

As normas garantem a saúde das pessoas que receberão o sangue, uma vez que ele não pode estar contaminado com outras doenças.

Os requisitos para doação de sangue são estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos, sendo que quem tem idade acima de 60 anos só podem doar se já tiverem doado sangue alguma vez anteriormente, pesar no mínimo 50kg, estar descansado e estar bem alimentado.

Além de cumprir com todos os requisitos, a pessoa interessada deve agendar a doação através do site www.hemominas.mg.gov.br ou pelo telefone 155 e escolher a opção 1. Também há outros dois números: (37) 3216-6513 ou (37) 3216-6514.

Após marcar a doação e passar pela avaliação é só comparecer ao local e apresentar documento original com foto, que permita o reconhecimento do candidato.

Comentários
×