Procon fiscaliza postos de combustíveis em Divinópolis

Da Redação

O Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Divinópolis realizou, nesta segunda-feira, 21, uma fiscalização nos postos de combustíveis do município, após o recebimento de uma denúncia anônima relatando que alguns estabelecimentos não estariam cumprindo as determinações do Decreto Municipal 13.752/2020 e as portarias regulamentadoras do Procon 06 e 07 de 2020, sobre o dever de informar corretamente no aplicativo do município o preço dos combustíveis praticados no posto, em tempo real.

O gerente Executivo do órgão, Ulisses Couto, informou que recebeu por e-mail no sábado, uma denúncia anônima de um consumidor relatando que alguns postos não estariam mantendo atualizados os preços, como determina a legislação municipal.

— Na diligência realizada nesta segunda-feira, foram confirmadas as informações da denúncia e os postos foram notificados a adequarem a sua conduta de forma imediata, sob pena de autuação, instauração de processo administrativo e aplicação de multa — informou o gerente.

Ulisses explicou que se o preço informado no aplicativo for menor que aquele praticado no estabelecimento, poderá o consumidor exigir que seja praticado o menor preço no ato da venda.

— Se houver negativa no cumprimento da oferta, o consumidor deverá fazer a prova da divergência de preços e apresentar ao Procon para tomada das medidas administrativas cabíveis.

Importante ressaltar que o Decreto 13.752/2020 que criou a plataforma eletrônica de pesquisas de preços, no App Divinópolis é objeto de uma ação judicial movida por uma entidade representativa dos postos de combustíveis, que pleiteia a suspensão definitiva da eficácia do decreto e, consequentemente, da plataforma.

— O pedido liminar de suspensão da eficácia do Dec. 13752/2020 foi negado pelo Poder Judiciário de Minas Gerais na semana passada, e dessa forma será mantida a todos a pesquisa de preços do Procon Municipal — finalizou Ulisses Couto.

Para fazer uso da nova modalidade, os usuários do aplicativo devem entrar na aba Serviços, depois em Procon e clicar em Pesquisa de Preços. Os primeiros produtos disponíveis para pesquisa são os combustíveis. Lá o cidadão deve escolher o tipo de combustível que deseja realizar a consulta. Um painel será aberto com informações de menor preço, preço médio e a taxa de variação percentual entre os preços. Clicando em menor preço, o App Divinópolis mostrará o endereço e telefone do estabelecimento. O usuário poderá também consultar a lista de empresas do setor pesquisado e os valores ofertados por cada uma delas.

O objetivo do serviço, segundo a Prefeitura, é oferecer aos cidadãos o acesso a informações de uma maneira simples e ágil, com economia de recursos físicos, financeiros e humanos, contribuindo e fomentando a livre concorrência.

Comentários
×