Procon alerta sobre risco de consumo de azeite impróprio

Da Redação

Por ordem do juiz Christopher Alexander Roisin, da 3ª Vara Cível de São Paulo, em decisão oriunda de Ação Civil Pública proposta pela Proteste – Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, foi determinada a retirada do mercado de todas as unidades do Azeite Quinta D'Ouro, referente ao lote HFP 140472GH3, uma vez que a declaração contida no vasilhame de que o azeite é extra-virgem é falsa.

Considerando que o produto está fora dos padrões previstos na legislação, ele se torna impróprio para o consumo. Dessa forma, todos os distribuidores do azeite em referência no município de Divinópolis deverão recolher os produtos do lote mencionado, até posterior decisão.

Para mais informações, os consumidores podem comparecer ao Procon, das 12h às 17h. O endereço é rua Pernambuco, 60, 9º andar, no centro, ou entrar em contato pelo WhatsApp (37) 99831-5762.

Comentários
×