Primeiro dia de Flid movimenta cultura em Divinópolis

Da Redação 

O primeiro dia da Festa Literária de Divinópolis (Flid) movimentou a vida cultural da cidade. Várias pessoas aproveitaram a noite dessa quinta-feira, 23, para participar das atividades do evento e conferir de perto a estrutura de mais esta edição.

Esse ano, garantindo mais conforto ao público, a Flid conta com um espaço especial para alimentação, com carrinho de tapioca, Chopp, comida saudável e degustação de vinhos.

Livraria

Na livraria, obras de vários autores estavam à venda e podiam ser foliados pelos leitores. A aposentada Maria Elizabete Fonseca conheceu pela primeira vez a Festa Literária e disse que marcará presença em todos os dias.  

— Nunca tinha participado, todo ano eu ficava querendo conhecer o evento, mas acabava não vindo. Agora eu quero vir sempre. Adorei o clima, a organização. Está excelente — disse.

Emoção

O professor, escritor e um dos organizadores da Festa Literária, Juarez Nogueira, fez abertura oficial, ressaltando a emoção de realizar essa 5ª a edição e falou um pouco sobre o autor homenageado, Lindolfo Fagundes.

Yara Soares, contadora de histórias, fez uma apresentação de um dos textos de Lindolfo. Cheio de humor, o “causo” arrancou boas risadas do público. Em seguida, Túlio Mourão e Dona Jandira se apresentaram no palco do Teatro Gravatá.

Emocionado, Juarez conta que, apesar das dificuldades encontradas para realização da Festa Literária, é sempre uma alegria poder oferecer à Divinópolis um evento totalmente voltado à cultura.

— É uma alegria chegar a 5ª edição. Sempre desafiador realizar um evento como este. Esse ano a Flid trouxe algumas características de festival. Estamos muito felizes com a participação do público neste primeiro dia e esperamos que todos compareçam nos próximos — finalizou.

Comentários
×