Primeira Infância

“PRIMEIRA INFÂNCIA, O CHEIRO INESQUECÍVEL DO GIZ DE CERA”

Rogério Viana 

Para mim e tenho certeza que para muitos, o cheirinho daquele giz de cera colorido, guardado nas latas, alguns inteiros, outros só o pedaço, traz doces lembranças do meu jardim de infância, como era chamado.

Ah... velho giz de cera que usávamos anos a fio. Não apenas o giz de cera, mas as merendeiras, as mochilas que eram passadas e reutilizadas de irmão para irmão com um toque de costura da mãe. Como é gostoso lembrar da nossa infância.

Hoje, ainda existem os velhos gizes de cera, e uma infinidade de materiais escolares de todos os tipos, modelos, personagens, formatos, texturas, luzes, etc... Hoje, as crianças escolhem os materiais da moda, os personagens que mais fazem sucesso no mundo infantil, mas será que as crianças de hoje que será o adulto de amanhã, guardará esse cheiro do giz de cera? Será que na sua fase adulta, elas terão doces lembranças da infância, assim como nós?

Por isso, a primeira infância bem vivida, bem nutrida, bem brincada e bem aproveitada passa a ser um grande marco para a vida adulta das nossas crianças, e para que estas crianças, sejam grandes cidadãos no futuro.

A primeira infância vai do nascimento até os 5, 6 anos de idade.

 É um momento da vida da criança considerado de maior desenvolvimento, são anos ricos de aprendizado. É a fase que o cérebro capta maior informação cognitiva e social e solidifica o que foi aprendido.

Segundo estudos realizados na área de neurologia, a primeira infância é considerada a principal fase para a ocorrência do desenvolvimento cerebral, onde as crianças possuem mais facilidade de absorção e entendimento.

Também nesta fase, surge uma série de comportamentos e interações com o ambiente que as rodeiam, fazendo com que elas se sintam inseridas no meio em que vive.

É importante nesta fase, ter o foco da aprendizagem, na interação. Através de contextos sociais, históricos, culturais considerando o conhecimento real das crianças e colocando-o como ponto de partida para a aprendizagem.

           É importante citar, que é nesses primeiros anos, que a personalidade da criança se forma de maneira mais intensa. Daí a responsabilidade de nós, pais e educadores, em executar esta missão tão prazerosa e ao mesmo tempo tão desafiadora, que é educar nossas crianças para a vida.

O papel da escola é atuar na formação moral dos alunos. Muitas crianças passam mais tempo na escola do que com as próprias famílias e também por isso, a escolha da primeira escola deve ser feita de maneira cautelosa. Esta, deve oferecer para os filhos, além de cuidados e alfabetização, os valores que os pais acreditam.

É essencial que a criança esteja em uma escola na qual, em sua proposta esteja inserida o resgate a “velha infância”, a infância que nós, pais, tivemos: as brincadeiras de roda, esconde-esconde, queimada, pique pega, o contato com terra, areia, árvores.

A escola deve ser um lugar gostoso para criança, onde ela sinta-se realmente pertencida aquele ambiente. É na escola, que a criança deve encontra meios de se preparar para a vida adulta e também para realizar seus projetos de vida.

As salas de aulas são importantes sim, ela será a referência do aluno dentro da escola, mais o trabalho realizado fora da sala, traz inúmeras possibilidades de aprendizado, observação e exploração do meio. As aulas ao ar livre se tornam mais criativas e envolventes, despertando na criança o senso de curiosidade que nessa fase é importantíssimo.

E Escola Agogê está crescendo, e em seu novo endereço, as famílias poderão contar com um quintal cheio de novidades para os pequenos.

A inauguração acontece no dia 16 de junho, com um piquenique especial para os pais e alunos. O novo espaço verde da escola será aberto em uma manhã de domingo que reunirá comida saudável, música, convivência de pais e filhos junto à natureza. Com a mudança de endereço, a Agogê alcança um objetivo muito desejado: fazer da escola um espaço de formação e oferecer as melhores condições para as crianças viverem experiências para a vida.

A nova Agogê possui o dobro de espaço, em relação ao endereço anterior, com salas arejadas, com iluminação natural, ampla área verde, mini pomar, parquinho e gramado para atividades ao ar livre. A Agogê possui as chancelas Escola Legal e Selo Brincar, certificações que comprovam os programas de gestão de qualidade e proposta pedagógica clara e aprovada pelos órgãos competentes da Educação Infantil.

Além das dinâmicas de sala de aula, a escola propõe uma variedade de aulas especializadas como: capoeira, circo, ballet, inglês, culinária, educação artística, musicalização. Para envolver as famílias nas atividades desenvolvidas dentro da escola, a Agogê investe no projeto ‘Escola de Pais’, são vivências onde os pais se envolvem com o universo dos filhos dentro da escola. “Para nós da Agogê, é importante incluir as famílias responsáveis em todos os processos dos alunos, assim como essa grande evolução de estrutura física, para a qualidade do aprendizado deles”, ressalta a diretora Kênia Apolinário, formada em pedagogia e administração, e pós-graduada em pedagogia empresarial e supervisão/coordenação/inspeção. Está à frente da Escola há sete anos.

 

escolaagoge@gmail.com

Comentários
×