Primavera literária

Pela primeira edição do Projeto Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Cultural, acontecerá amanhã, na sede da 48ª Subseção da OAB em Divinópolis, a Primavera Literária, um sarau que terá muita poesia e arte, além do resultado do concurso literário que faz parte do evento e que terá premiação nas categorias poesia e prosa.

Haverá ainda exposição dos quadros do artista Diego Amaro e também da recriação das obras renascentistas dos alunos da E. M. Professora Hermínia Corgozinho, da qual tenho o orgulho de ter sido aluna.

 A princípio, a ideia era apenas um sarau, no qual aqueles que gostassem da escrita poderiam compartilhar obras autorais. Em contato com Olavo Romano, por intermédio do presidente da OAB de Divinópolis, Manoel Brandão, houve a sugestão de que fosse feito um concurso, pois assim não há que se falar em valoração da escrita, se não pelo reconhecimento não das melhores, mas das obras mais bem elaboradas (critério utilizado pela comissão julgadora).

A ideia ganhou força quando apresentada aos membros da comissão julgadora, que de imediato aceitaram o convite! O concurso contou com diversas inscrições e, para realizar a noite da Primavera Literária, contamos com o apoio de amigos, artistas, acadêmicos do curso de letras da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg), advogados, músicos e o centro socioeducativo local. O projeto foi elaborado com todo o carinho e fica aqui o convite para que você, leitor, venha participar e apreciar um pouquinho da cultura e da alma divinopolitana! A Primavera Literária terá início às 19h e acontecerá na sede da OAB Divinópolis, situada na rua Alagoas, 60, Centro. Aproveito ainda para partilhar um poema de minha autoria, boa leitura!

QUE EU SEJA

Como borboletas,

que meu voo seja sem destino,

que por onde passar,

eu deixe ternura.

Que eu venha para alegrar.

Que eu seja simples,

mas que não hesite em sonhar.

Que eu seja

como uma árvore no outono,

mesmo sabendo que as folhas cairão.

Que eu seja paciente,

pois belas flores virão!

E, como num dia alegre,

que eu seja o sol da manhã

a refletir radiante na janela

como um convite

para levantar e

ver que o tempo é curto,

mas que a vida é bela.

 

RAFAELA LOPES – Estudante de direito do 10º período e colaboradora da 48ª Subseção da OAB/MG. E-mail:  rafaelaglopesf@gmail.com.

Comentários
×