Previsão de chuva em Divinópolis para primeiros dias do ano

Rafael Camargos

O ano mal começou e a previsão é da continuidade de chuvas para o Centro-Oeste e o restante do Estado. O tempo se mantém com muita nebulosidade e devem ocorrer pancadas fortes no Leste, Norte e Nordeste, além do Triângulo Mineiro. Na região, e em outras partes de Minas, o céu fica entre parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva isoladas.

A mudança climática deve-se a atuação de áreas de instabilidade atmosféricas associadas ao calor, teor de umidade e baixas pressões em superfície em boa parte da região Central do Brasil. Em Minas Gerais, O tempo segue instável.

Em Divinópolis, o dia amanhece por volta das 6h25 e com a umidade relativa do ar marcando  em torno de 87%. Mais à tarde desta quarta-feira, a condição muda um pouco e existe a possibilidade de chuviscos. A umidade cai e fica entre 57 e 70%. À noite, a previsão é que não chova. A tendência é que o tempo fique estável.

Outros dias

No decorrer da semana, o tempo fica dividido entre o sol e a chuva. Amanhã, por exemplo, o tempo tem um leve declínio e o dia deve ficar encoberto com chuviscos. Na sexta-feira, 5, não existe chances de chuva, porém o tempo segue encoberto e no sábado, 6, ela volta aparecer com maior intensidade, quando devem ocorrer pancadas de chuvas isoladas.

De acordo com o meteorologista Luís Ladéia, para Divinópolis, a temperatura deve variar entre 19°C e 23°C. A máxima no Estado pode chegar aos 35°C.

— Continua a condição nublada com pancadas de chuvas e trovoada, na quinta-feira, inclusive deve ficar encoberto, no sábado fica parcialmente nublado. Os gráficos mostram que esta condição fica mais assertiva entre quarta-feira e sábado — explicou o meteorologista que continua:

Estas condições são normais para a época do ano. Existem áreas de instabilidade se formando devido à umidade e a alta temperatura, e isso, ocasiona as chuvas — finalizou.

Cheia

As últimas chuvas de 2017 encheram os rios e os reservatórios da região. Um exemplo é a Barragem de Carmo do Cajuru formada pelas agias rio Pará. Responsável por gerar energia para muitas cidades, as águas que caíram nos últimos dias aumentaram e muito o seu volume. Com a previsão de mais chuvas para este mês, a tendência é eu ela encha ainda mais. As chances de chuva são de 70%.

Comentários
×