Previdência em Divinópolis tem ganho de mais R$10 milhões em 3 meses

Da Redação

O Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Divinópolis (Diviprev) registrou um ganho de R$ 10 milhões no segundo trimestre deste ano.

— O resultado é motivo de comemoração, já que representa lucratividade justamente em um momento em que se questiona as gestões previdenciárias no país e representa o comprometimento da equipe financeira do Instituto — informou a Prefeitura.

Em abril, os ganhos em investimentos do Instituto foram de R$ 4.456.090,94, com o adicional da receita patrimonial no valor R$ 35.187,68, totalizando lucro de R$ 4.491.278,62. Já as perdas para este mês foram calculadas em R$ 143.717,97.

No mês de maio estes valores foram ainda maiores. Com a receita patrimonial equivalente a R$ 396.713,87 e rendimentos de investimentos em R$ 7.360.139,39, os ganhos em maio chegaram ao valor de R$ 7.756.853,26, enquanto as perdas se encontraram em R$ 627.342,07.

O último mês do trimestre foi o que apresentou melhores resultados. Em junho, as perdas do Instituto somaram R$ 33.788,06, contra a receita patrimonial de R$ 30.404,17 e lucros de investimentos no valor de R$ 10.099.236,43, totalizando R$ 10.129.640,60 em ganhos.

Sendo assim, no segundo trimestre de 2019, enquanto as perdas do Diviprev foram totalizadas em R$804.848,10, os ganhos totalizaram o valor de R$22.377.772,48.

Rentabilidades da carteira

O Diviprev também tem apresentado resultados positivos quanto às metas atuariais mensais (IPCA + 6%), superando as mesmas nestes três últimos meses decorridos. Essa meta corresponde a rentabilidade mínima necessária das aplicações financeiras para que as obrigações assumidas pelo plano sejam cumpridas

No mês de abril, a meta atuarial estava estabelecida em 1,06%, tendo o Diviprev alcançado o resultado de 1,07%. Em maio, a meta abaixou para 0,64%, enquanto o Instituto alcançou 1,75%, ficando 1,11 pontos percentuais acima. Em junho foi registrada a melhor rentabilidade de carteira para o ano, estando a meta atuarial estabelecida em 0,41%, enquanto o Diviprev atingiu a marca de 2,54%, com diferença de 2,13 pontos percentuais.

Para o ano de 2019, a meta atuarial está estipulada em 5,14%. O Diviprev já está 3,05 pontos percentuais acima, apresentando rentabilidade de 8,19%.

É válido destacar que estes resultados são importantes para o Instituto, considerando que, no mesmo período de 2018, a rentabilidade foi menor do que a meta atuarial estabelecida. Enquanto a meta estava definida em 0,71, 0,89 e 1,75 para os respectivos meses de abril, maio e junho, o Diviprev ficou abaixo destes valores, apresentando como resultado -0,06, -1,31 e 0,28, respectivamente.

Definição

A meta atuarial corresponde a rentabilidade mínima necessária das aplicações financeiras para que as obrigações assumidas pelo plano sejam cumpridas. Seria então o que faz o valor de um investimento de dinheiro e/ou tempo valer a pena. Esta meta é constituída pelo índice de inflação utilizado pelo plano, acrescido dos juros atuariais.

Empenho

— É ressaltado que todos estes resultados positivos são consequência de todo o empenho dos servidores do Diviprev, que buscam minimizar as despesas do Instituto enquanto seus ganhos são maximizados — afirmou a Prefeitura.

Comentários
×