Preto no Branco: Legado

O vereador Rodrigo Kaboja (PSL) citou Ruy Barbosa para homenagear a vice-presidente do Sintram, Ivanete Ferreira, que morreu ontem. A combativa defensora dos direitos do funcionalismo era servidora municipal, líder sindical e participava do Grupo Contadores de Histórias. Deixa um legado de trabalho intenso e exemplar.

 

Desculpas

 

Já o vereador Marcos Vinícius (Pros), que desenvolveu o ofício de pensar e escrever na Redação do Jornal Agora por quase quatro anos – sempre polido e elegante em seus pronunciamentos –, manifestou solidariedade aos jornalistas que atuam em Divinópolis. Ele lamentou as agressões e impropérios contra profissionais da área ocorridos na semana passada e pediu desculpas em nome do Legislativo.

 

Polêmico e...

 

...destemido o vereador Edson Sousa (PMDB) vem mostrando que, de fato, é um dos mais preparados legisladores da cidade. Sem medo de dizer o que entende como certo, Edson anda munido de documentos que comprovam suas argumentações e tem dado aulas de como enfrentar o perigo sem medo de perder a batalha.

 

Ardente

 

Mais uma vez, Edson não deixou a peteca cair e desmascarou a presidência da Casa, que investiu em um blog da cidade quase R$ 50 mil, porque este teria prometido “fazer passar o projeto do IPTU”, desejo ardente de Adair Otaviano para retribuir o presente da presidência do Legislativo, que lhe foi dada, em último instante, por Galileu Machado (PMDB).

 

Absurdo...

 

Edson verbalizou o absurdo de apenas um blog receber mais publicidade que todos os outros órgãos de comunicação da cidade, incluídos emissoras de TV, rádios, jornais impressos e portais conduzidos por jornalistas profissionais. O vereador quer prestação de contas, pois está convicto que houve uma espécie de acordo entre Executivo, Legislativo e o referido blog. Ele não disse ao vivo, mas confidenciou, em particular, que não entende como um “on-line”, cujo dono tem “n” processos e provavelmente não possua certidões negativas da Receita Federal e da Prefeitura, possa receber dinheiro da Câmara. Edson quer saber a quem o presidente da Casa envia o dinheiro, já que o citado blog, cujo proprietário já foi condenado por calúnia e nem pôde ser notificado, pois, segundo os oficiais de justiça, ele não é encontrado por falta de endereço e CNPJ.

 

Orgulho

 

Em boa hora, o vereador expõe este questionamento, pois é a partir do quintal, ou seja, do município, que se começa a assepsia necessária para o brasileiro voltar a confiar no país. Também é bom lembrar que em 2018 tem eleições gerais, altamente vulneráveis à indústria da mentira e das manipulações dos fake news.

 

Maledicência

 

Nunca é demais ressaltar que o mundo está em uma encruzilhada de maledicência e distorções disseminadas pela indústria da má-fé e os tradicionais veículos de comunicação são um antídoto contra esta doença que contamina largas parcelas da sociedade. Jornalismo é exercício nobre, que só deve ser exercido por profissionais graduados e preparados para trabalhar com informação de qualidade para formação da opinião pública.

 

Se Adair sabe...

 

...aonde põe o dinheiro da Câmara, os oficiais de justiça e os credores agora terão onde procurar o condenado e receber um pouco do muito que a Câmara tem lhe destinado.

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários
×