Presídio Floramar terá greve de servidores nesta segunda-feira, 26

Da Redação 

Servidores do sistema prisional de Minas Gerais têm greve marcada para começar nesta segunda-feira, 26. As paralisações deverão ocorrer por tempo indeterminado nas áreas de análise, enfermagem, assistência social, psicologia e atendimento odontológico e administração dos presídios e centros socioeducativos.

O movimento é apoiado pelo Sindicato dos Auxiliares, Assistentes e Analistas do Sistema Prisional e Socioducativo do Estado de Minas Gerais (Sindasep-MG) e também pelo Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado de Minas Gerais (SindPúblicos-MG). 

A decisão foi tomada após uma assembleia na última quarta-feira, 21. A greve deverá ocorrer em mais de cem unidades prisionais e socioeducativas do estado.

Entenda

O motivo da greve é o reconhecimento das carreiras de analistas e assistentes de defesa social e o cumprimento de um acordo feito com a classe em 2015. Também pede a regulamentação da carga horária dos servidores. 

Na região Centro-Oeste, um dos pontos afetados será o presídio Floramar.

Servidores de outras unidades prisionais em cidades como Itaúna, Formiga e Pará de Minas também integraraõ o movimento, previsto para começar às 8h da manhã.

Alerta

A greve deverá afetar os atendimntos diários aos detentos, parentes e advogados. Por lei, 30% do pessoal estará trabalhando para procedimentos de urgência.

Comentários
×