Presidente da Câmara resgata Troféu “Mineiros Frente a Frente”

Da Redação

 

O histórico troféu do programa “Mineiros Frente a Frente” conquistado por Divinópolis em 1971 foi transferido do patrimônio da Escola do Legislativo da Câmara Municipal onde era conservado limpo e bem cuidado para ser integralizado ao patrimônio da sala de trababalho da presidência da Mesa Diretora. A iniciativa do presidente da Câmara Municipal, vereador Eduardo Print Jr. (PSDB), se deu depois que o jornalista Evandro Araújo, em sua rede social, lembrou da importância desta conquista para a história cultural do município.

O troféu “Mineiros Frente a Frente” ficava em exposição no Anexo da Câmara Municipal, no edifício Costa Rangel, onde funciona a Escola do Legislativo “Dr. Deusdedith Afonso Carrilho” e integrava o acervo de troféus, homenagens, placas e peças históricas do Poder Legislativo Municipal.

— Estou determinando ao setor de Patrimônio da Câmara que identifique este troféu como pertencente ao patrimônio da presidência em virtude da importância que os divinopolitanos, principalmente aqueles que viveram nesta época, dão ao troféu que simboliza a vitória da capacidade transformadora, inteligência e determinação do divinopolitano. Ao ficar exposto, a partir de hoje, na sala da Presidência, tem a vantagem de contar com uma segurança mais efetiva já que a sala é vigiada por câmeras e, também, pode ser visto com mais frequência por cidadãos e autoridades que se reúnem com a presidente diariamente — destacou o presidente Eduardo Print.

"Mineiros frente a frente" era um programa televisivo transmitido através da TV Itacolomi, comandado por Fernando Sasso. O programa era uma gincana entre cidades mineiras e teve grande êxito na TV Itacolomi na década de 1970.

A TV Itacolomi, veiculada no canal 4, foi fundada em novembro de 1955 por Assis Chateaubriand (1892-1968), e era afiliada da Tupi. O canal de televisão marcou história em Minas Gerais, deixando, no imaginário de quem viveu a época, memórias marcantes, sempre retomadas com nostalgia. Para se ter uma ideia da magnitude da entrada do canal em cena, a cerimônia de inauguração contou com as presenças de Juscelino Kubitschek (1902-1976), então presidente da República eleito, e do governador de Minas, Clóvis Salgado (1906-1978).

Comentários
×