Prefeitura volta atrás e considera viável acordo com camelôs

Maria Tereza Oliveira

A oito dias de o prazo dado pela Prefeitura para os ambulantes desocuparem o Camelódromo se esgotar, a questão sofreu mais uma reviravolta. O Executivo, que até a noite desta quinta-feira, 21, descartava acordo com os ambulantes, voltou atrás, e agora considera o pacto com a categoria uma opção viável.

A informação foi divulgada através de uma nota enviada pelo Município. No texto, a Prefeitura alega que os pronunciamentos do líder do Governo, Eduardo Print Júnior (SD), nas últimas reuniões da Câmara foram em total consonância com as diretrizes traçadas pela Administração.

— Sem sombra de dúvida, é um exercício responsável por parte dele das prerrogativas de seu mandato na condição de líder do Governo naquela Casa — defendeu.

O Executivo ainda considerou o papel de articulador do vereador compatível com a posição dele como pessoa pública.

— Revela uma iniciativa louvável para a criação de uma via alternativa para a solução pacífica do tema, esta, aliás, nunca descartada pela própria Administração que, no caso, exerce legitimamente seu poder de gestão do patrimônio municipal — revelou.

A nota ainda alega que a Prefeitura garantiu e garante a Print total apoio quanto a essa conduta conciliatória.

O Agora divulgou, com exclusividade, na edição desta sexta-feira, 22, a informação de que o Município não aceitaria o acordo e manteria a data do despejo para o dia 1º. As informações foram passadas pela assessoria de comunicação do Executivo. Questionada pela reportagem sobre a mudança na ideia, a Prefeitura contou que até a manhã desta sexta-feira, 22, o Município tinha como definido a postura de manter a retirada para o dia 1º.

A mudança surgiu após o fechamento da edição, quando, em uma reunião, foi decidido que o Executivo consideraria o acordo.

O pacto proposto por Print trata de uma tentativa de adiar a retirada do Camelódromo do dia 1º para o dia 27 de dezembro, desde que os camelôs concordassem em sair pacificamente.

Comentários
×