Prefeitura responde vídeo do vereador Flávio Marra

Denúncia revela que morte por infarto de homem teria sido contabilizada como covid-19

Da Redação

A Prefeitura de Divinópolis publicou no início da tarde deste domingo, 2, nota para esclarecer denúncia feita por meio de vídeo pelo vereador Flávio Marra (Patriota) e familiares de um homem que morreu na UPA na madrugada deste sábado, 1º.

Conforme as revelações do vídeo, os parentes cobraram explicações dos funcionários da unidade de saúde – o homem morreu de infarto, mas as informações vindas pós-morte davam conta de que a morte teria sido por coronavírus.

A confusão

Após a confusão, o atestado de óbito não veio contando como covid a causa da morte. Porém, os familiares ficaram nervosos por causa da demora na liberação e a possibilidade de não se poder velar o corpo.

Investigação

Em nota divulgada pela Prefeitura no início da tarde deste domingo, 2, a Prefeitura disse que, quanto aos fatos narrados, todas as providências para apuraçãos foram imediatamente adotadas. Diz ainda que foram intensamente cobrado esclarecimentos da atual gestão administrativa da UPA e que será realizada uma investigação dos acontecimentos, para que todas as falhas sejam identificadas e solucionadas, a fim de que erros como esse não acorram novamente.

A Prefeitura diz ainda que se solidariza à família do falecido.

 

Comentários
×