Prefeitura pagará 13° para  servidores só em janeiro

 

Da Redação

Pelo menos parte dos servidores da Prefeitura de Divinópolis terá dinheiro para as confraternizações de fim de ano. Por meio de nota, o Município informou ontem que pagará o 13° salário para os servidores só em janeiro de 2019. Ainda segundo o Executivo, todos os celetistas e pensionistas receberam o benefício natalino ontem. Conforme comunicou a Prefeitura, o pagamento foi possível devido aos recursos recebidos esta semana, que são o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), enviado diretamente pelo Governo Federal, e o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

— Em relação ao 13º salário, a Prefeitura comunica que foram pagos nesta quinta-feira, 20, a todos os celetistas e pensionistas.  Quanto aos demais servidores, a previsão é quitar o benefício em janeiro de 2019 —informou.

Ainda segundo o Poder Executivo, será pago nesta segunda-feira, 24, R$ 500 da folha de outubro de 2018 aos servidores vinculados à educação. O recurso para pagar parte da folha de outubro foi o mesmo usado para pagar o 13° salário para parte dos servidores municipais. Com o atraso do benefício natalino, milhões deixam de ser injetados na economia. A expectativa da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Divinópolis (CDL/Div), era que o 13° salário injetasse mais de R$ 150 milhões no comércio da cidade.

— A Administração não tem medido esforços para o fechamento da folha de novembro dentro do mês de dezembro.Os recursos recebidos nesta semana, de origem FPM e ICMS, estão sendo direcionados basicamente a pagamento de obrigações legais referentes à folha de pessoal e às obrigações de natureza constitucional — argumenta.

Estado

Além dos servidores municipais, tudo indica que os do Governo do Estado também receberão o benefício natalino somente no próximo ano. O governo de Minas adiou mais uma vez o anúncio da escala de pagamento do benefício. Um encontro entre representantes do Executivo Estadual e o comitê de servidores, seria realizado no dia 14 de dezembro, mas foi cancelado faltando menos de duas horas para ocorrer. Após o cancelamento o governo do Estado firmou com os servidores o compromisso de divulgar um comunicado nesta quarta-feira e nada. Ficou para ontem e, de novo, nada.

Em uma nota assinada pelo chefe de relações sindicais do Estado Carlos Calazans, o governo  alegou que “por não ter concluídos os movimentos financeiros necessários, adiou a divulgação da escala de pagamento do 13° salário dos servidores. Vários servidores da Segurança Pública fizeram um protesto na tarde dessa quinta-feira, na Praça da Liberdade pedindo a divulgação da data do pagamento do benefício.

A definição em relação ao 13º deve ocorrer desta sexta, 21, para quando foi marcada uma nova reunião do governo com representantes dos sindicatos.

Comentários
×