Prefeitura mobiliza rede de proteção em favor de Casa Lar

Da Redação

As secretarias de Governo e de Assistência Social reuniram-se com representantes da rede de atendimento e proteção à pessoa com deficiência, na manhã desta quinta-feira, 11, no Centro Administrativo, com vistas a dar mais dignidade aos assistidos na Casa Lar.

A Casa Lar é um serviço oferecido pela Prefeitura para atender pessoas de deficiências menores de idade, que não têm convivência familiar. A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) é gestora dos convênios, enquanto a Prefeitura é responsável pela manutenção da Casa. No encontro, Prefeitura, Apae, Crea-MG e Poder Judiciário discutiram a possibilidade de regular o serviço e dignamente direcionar os assistidos pela Casa Lar.

A Secretária de Assistência Social disse que o Poder Judiciário dará andamento à revisão da curatela dos que são tratados. Já a Secretaria de Saúde (Semusa) verificará se a deficiência está relacionada à saúde psiquiátrica e determinará o perfil dos menores para que possam ser dignamente redirecionados. Outra reunião será realizada, no prazo de 15 dias, para que sejam apresentadas propostas sobre a situação dos assistidos.

Comentários
×