Prefeitura extrai 3,5 toneladas de entulho em mutirão contra a dengue

Da Redação

Para evitar um possível surto de dengue em Divinópolis, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), por meio da Vigilância Ambiental, realizou o mutirão de combate ao Aedes aegypti, que eliminou cerca de 3,5 toneladas de focos de criadouros do mosquito.

No sábado, 8, agentes de endemias percorreram os bairros Grajaú, Del-Rey, Primavera, Itaí, São Luiz, São Lucas e São Geraldo. O esforço conjunto de limpeza para inibir a presença do mosquito é realizado nos fins de semana.

Os locais são aqueles onde há alto índice no Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) ou maior incidência de casos.

— As pessoas que mostram sintomas da enfermidade devem procurar as unidades de saúde, porque o índice de notificações direciona o mutirão de limpeza — disse Juliano Cunha, supervisor-geral de Vigilância Ambiental.

O objetivo é remover os grandes reservatórios de água, que são os mais perigosos criadouros do mosquito transmissor do vírus da dengue, da chikungunya, da zika e da febre amarela

Comentários
×